Banner

ediponatan.com.br

21
Mar

Modernizar leis trabalhistas é fundamental para país voltar a crescer, diz Rogério Marinho

Imprimir
PDF

Rogrio_em_debate_da_Fecomrcio_1Relator da comissão especial que analisa a modernização das leis trabalhistas na Câmara, o deputado federal Rogério Marinho (PSDB) participou na manhã desta segunda-feira (20) do Seminário Brasil em Foco, promovido pela Fecomércio-RN em Natal. O parlamentar debateu o assunto com o ex-ministro do Tribunal Superior do Trabalho (TST), Almir Pazzianotto. O evento ocorreu no Hotel Holliday Inn.

Em seu discurso, Rogério enfatizou a importância da modernização das leis trabalhistas no Brasil. O parlamentar relembrou que a legislação do setor já possui mais de 70 anos e não acompanhou o avanço mundial nos mais diversos setores de atividades. "Precisamos modernizar e racionalizar as leis para que o país volte a crescer economicamente e gerar empregos. É importante ressaltar que essa reforma não retira direitos trabalhistas porque esses são direitos constitucionais", disse.

Além disso, o deputado voltou a defender o fim do imposto sindical obrigatório, que passaria a ser opcional. Segundo o tucano, essa seria uma forma de reduzir o número de sindicatos no país que não possuem representatividade.

"Com a obrigatoriedade desse imposto, foram mais de R$ 15 bilhões nos últimos 5 anos. Com instituições que não prestam conta de suas administrações. É preciso dar democracia a essa questão", disse Rogério. O deputado reafirmou que incluirá a proposta em seu relatório, que será apresentado em meados de abril.

O debate promovido pela Fecomércio-RN, sob o comando de seu presidente Marcelo Queiroz, teve a presença do prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT) e do presidente da Câmara Municipal de Natal, Raniere Barbosa (PDT), além do presidente da Fiern, Amaro Sales, e da CDL-Natal, Augusto Vaz. O deputado federal Laércio Oliveira (Solidariedade), presidente da Fecomércio-SE, também participou do evento.

Comentários (0)
22
Mar
23
Mar
10
Apr
05
Mar

MPF/RN pretende firmar acordos com salineiras que ocupam 3 mil hectares irregularmente

Imprimir
PDF

AudienciasalineirasO Ministério Público Federal (MPF) entregou propostas de termos de ajustamento de conduta (TACs) a representantes de 32 indústrias de extração de sal que atuam no Rio Grande do Norte e que foram apontadas, em um relatório conjunto do Ibama e Idema, como ocupantes de 3.284 hectares de áreas de preservação permanente. A entrega das propostas ocorreu durante audiência pública promovida em Mossoró e que serviu para órgãos ambientais e empresários discutirem as soluções para as irregularidades.

Durante a audiência, presidida pelos procuradores da República Emanuel Ferreira e Victor Queiroga, o analista ambiental do Ibama Frederico Fonseca apresentou as conclusões do "Relatório Conjunto de Avaliação Técnica e Ambiental dos Empreendimentos Salineiros do Rio Grande do Norte" (confira a íntegra clicando aqui), produzido pelo Grupo de Trabalho do Sal (GT-Sal), formado por 11 técnicos do Ibama e Idema e criado em 2014, após uma audiência também realizada pelo MPF em Mossoró.

O relatório apontou que 10,7% dos 30.642 hectares explorados pelas salinas analisadas se encontram em áreas de preservação permanente. "Não é um percentual alto e a mensagem que queremos deixar é que vale a pena recuperar 10% da sua área para conseguir a regularização ambiental de seu empreendimento", destacou o analista.

O número total, os 3.284 hectares, é bem maior do que o apontado pela Operação Ouro Branco, deflagrada em 2013, quando se indicava a existência de 1.979 hectares ocupados irregularmente. No entanto, Frederico Fonseca explicou que esse aumento também se deve à metodologia adotada pelo GT-Sal, que obteve imagens mais antigas da região (desde 1965) do que as utilizadas na operação e levou em conta a ocupação não só das áreas de preservação existentes nas margens dos cursos d'água, mas também em florestas de mangue e nas áreas de dunas.

supercopia_ok

Comentários (0)

Mortes na estrada diminuem 6% por dia durante a Semana Santa

Imprimir
PDF

Os acidentes com vítimas e as mortes nas rodovias federais caíram, respectivamente, 10% e 6% por dia durante o feriado da Páscoa, segundo balanço nacional da Polícia Rodoviária Federal divulgado nesta segunda-feira (9). A média diária foi de 22,5 acidentes fatais e 29,5 mortos.

Em quatro dias, foram registrados 90 acidentes fatais, ante 125 no mesmo período de 2011. O número de mortos chegou a 117, contra 155. Os acidentes reduziram também de 3.518, em 2011, para 2.569 este ano, assim como os feridos, que passaram de 2.223 para 1.524.

A Operação Semana Santa este ano começou na última quinta-feira (5), com quatro dias de duração. No ano passado, a fiscalização foi maior, com cinco dias, porque a comemoração do feriado de Tiradentes coincidiu com a Semana Santa.

Apesar da queda dos números, a imprudência é a causa de mais de 90% dos acidentes. De acordo com o balanço da PRF, 33% das mortes decorreram de colisão frontal de veículos, depois aparece os atropelamentos, com 13%. Das 33.267 multas aplicadas nesse período, 6.262 foram por ultrapassagens indevidas.

Comentários (0)

Comunidade católica Shalom inaugura sábado Centro de Evangelização em Santa Cruz

Imprimir
PDF

shalom_simbolonatalA comunidade católica Shalom, que nos últimos anos tem evangelizado diversos jovens de Santa Cruz e região, dá um importante passo para crescimento de sua atuação no município a partir do próximo sábado.

É que a comunidade vai inaugurar seu Centro de Evangelização em Santa Cruz. Localizado na Rua Nossa Senhora da Piedade, Nº 58, no Conjunto Cônego Monte, o centro concentrará as atividades que são desenvolvidas por quatro grupos de oração já existentes na cidade.

Além disso, o local servirá de apoio às ações da Shalom e um local de encontro dos jovens da comunidade para trocar ideias, realizar orações, e planejar as atividades de evangelização para crescimento da comunidade no município.

A inauguração do Centro de Evangelização acontecerá com uma missa, presidida pelo pároco de Santa Rita de Cássia, a partir das 19h, seguida de um jantar de adesão, com valor simbólico, onde as pessoas são convidadas a participar e conhecer os trabalhos da Shalom em Santa Cruz.

ARTE_PARA_BLOG

Comentários (0)

Santa Cruz entrou com pedido de efeito suspensivo

Imprimir
PDF

Punido com a perda de dois mandos de campo, e com a interdição do Iberezão, até ser tomado as seguintes providencias: estipular local neutro (sem acesso de torcida local ou visitante) para o estacionamento dos veículos dos Representantes da Federação Estadual de Futebol e da Comissão de Arbitragem, visando garantir a integridade física e material dos mesmos, o Santa Cruz entrou na sexta-feira passada com pedido de efeito suspensivo da pena.

Amanhã – hoje não tem expediente na federação – o presidente do Tribunal, Honório Júnior deve apreciar o pedido do tricolor. A punição foi em decorrência de incidentes que aconteceram no estádio Iberezão, quando os automóveis do árbitro Zandick Gondim Junior e do delegado da FNF foram danificados por torcedores do Santa.

A tendência é que o TJD acate o pedido de efeito suspensivo e o jogo de domingo contra o ABC pela sétima rodada seja mantido para o Iberezão.

Com informações do Blog de Marcos Lopes

ARTE_PARA_BLOG

Comentários (0)