Banner

ediponatan.com.br

23
Mar

Tribunal de Contas determina suspensão de contrato relativo a obras na avenida Engenheiro Roberto Freire

Imprimir
PDF

O Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN) determinou, nesta terça-feira (21), a suspensão cautelar do contrato firmado pelo Governo do Estado com a Galvão Engenharia S/A para obras de reestruturação na avenida Engenheiro Roberto Freire.

A decisão, fruto de voto do conselheiro em substituição, Antonio Ed Souza Santana, acatado pelos demais conselheiros, tem como base relatório produzido pela Inspetoria de Controle Externo da Corte de Contas, que detectou indícios de irregularidades nos procedimentos licitatórios realizados para a contratação da obra.

Segundo os termos do voto, os indícios de irregularidades detectados dizem respeito à não realização do estudo de viabilidade técnica, econômica e ambiental (EVTEA); não apresentação de orçamentos detalhados com os quantitativos, composições unitárias e preços de referências; além de a empresa contratada estar em processo de recuperação judicial, o que pode acarretar uma rescisão contratual por justa causa.

Além disso, a equipe da Inspetoria de Controle Externo aponta uma possível violação ao princípio da competitividade, tendo em vista que previa-se, no anteprojeto, um nível de complexidade posteriormente simplificado pela empresa ganhadora do certame. Caso a licitação tivesse sido realizada com o projeto mais simples, poderia haver maior interesse de outros competidores, potencialmente afastados da licitação pela complexidade da obra.

A contratação da empresa Thenge Engenharia LTDA, por R$ 1,4 milhão, traz, por sua vez, indícios de desperdício de recursos públicos. A Thenge foi contratada para produzir um projeto básico e executivo, contudo o Executivo Estadual concluiu pela falta de viabilidade do projeto apresentado, licitando novamente a elaboração dos estudos, de forma integrada com a execução da obra. Com a vitória da Galvão Engenharia, um novo projeto foi elaborado e o anterior ficou sem utilização.

supercopia_ok

Comentários (0)
23
Mar
24
Mar
25
May
01
May

Em reunião do PSB, Rafael Motta defende o voto do partido contrário a reforma da Previdência

Imprimir
PDF

rafael_contraprevidenciaO deputado federal Rafael Motta (PSB) voltou a externar ontem (22), em reunião da bancada do PSB na Câmara dos Deputados, o voto contra a reforma da Previdência. Segundo o parlamentar, a proposta encaminhada pelo Governo Federal retira direitos de todos, sobretudo, das mulheres, dos trabalhadores rurais e daqueles que recebem benefícios de prestação continuada, como as mães de filhos com microcefalia.

"A gente tem que buscar outras alternativas que não seja impactar diretamente na previdência social, pois o trabalhador de baixa renda precisa ter sim uma atenção do Estado. Um remédio para economia não pode trazer tantos efeitos colaterais para a sociedade", afirmou o parlamentar, reafirmando o posicionamento dele contra a reforma e pedindo que o partido também se posicione contra a matéria: " Por todas as lutas que o PSB tem tido ao longo de sua história, conclamo todos os deputados a votarem contra a reforma da Previdência".

No pronunciamento, o deputado Rafael Motta também ressaltou que a reforma prejudica, principalmente, os trabalhadores rurais, as mulheres e aqueles que recebem benefícios de prestação continuada.  "Nós vivemos no Nordeste brasileiro que vive uma das piores secas dos últimos 100 anos, como um trabalhador rural vai conseguir comprovar sua renda, contribuir?", questionou.

O parlamentar criticou ainda outros pontos da reforma, como a idade mínima de 65 anos para a aposentadoria e os 49 anos de contribuição para atingir o teto da previdência. "A gente sabe da necessidade da discussão, mas não pode ser uma discussão açodada. Não tivemos sequer uma audiência pública para ouvir a população. Só temos visto as categorias correndo de gabinete em gabinete para mostrar a sua realidade e a dificuldade que vai viver num futuro próximo", relatou Rafael Motta.

Comentários (0)

PF identifica pessoas que receberam telefonemas sobre fim do Bolsa Família

Imprimir
PDF

A Polícia Federal (PF) já tem informações sobre pessoas que receberam telefonemas no último final de semana com mensagens sobre o fim do Bolsa Família. A PF não confirma o número de pessoas identificadas, mas diz que dispõe de informações sobre a possibilidade do boato ter surgido a partir de ligações originadas por telemarketing. As investigações começaram na segunda-feira (20), por determinação do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo.

Na terça-feira (21), Cardozo levantou a suspeita de que a ação possa ter sido "orquestrada" devido à velocidade com que os boatos sobre o fim do Bolsa Família se espalharam.

A Caixa Econômica Federal ficou de repassar hoje (24) à Divisão de Crimes Cibernéticos da PF, responsável pelas investigações, as informações relativas aos dois primeiros saques feitos após a disseminação do boato. Os dados podem ajudar a localizar a origem dos rumores.

Comentários (0)

Vendas de senhas para a festa Apaixona Santa Cruz estão em ritmo acelerado; Evento é amanhã

Imprimir
PDF
festaapaixona2lote

Comentários (0)

América, primeiro campeão da Arena das Dunas

Imprimir
PDF

america-campeaoarenaO América fez valer sua vantagem no jogo final do campeonato estadual, empatou com o Globo por 0x0 e conquistou o primeiro título da história da Arena das Dunas, ontem. O público de 19 mil torcedores foi o maior registrado, até o momento, na nova praça esportiva de Natal.

"Quase 20 mil pessoas nos estádio e eles vieram aqui para nos ajudar e só tenho a agradecer aos nossos torcedores. Corro pelos torcedores, pela equipe e no América a união prevalece e por isso o título foi conquistado por nós", desabafou o atacante Rodrigo Pimpão.

Ficha técnica

América (0): Fernando Henrique; Fabinho, Cléber, Edson Rocha e Alex Barros; Márcio Passos, Jean Cléber, Val (Marcelinho) e Artur Maia; Rodrigo Pimpão (Adriano Pardal) e Max (Isac). Técnico: Oliveira Canindé.

Globo (0): Rafael; Geovane. Mercinho, Robson e Nininho (Didi

Potiguar); Ricardo Baiano (Ramon), Josicley, Renatinho Potiguar (Hendrich) e Miller; Ricardo Lopes e Rael. Técnico: Higor César.

Local: Arena das Dunas, Natal/RN

Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)

Público: 19.449 torcedores

Renda: R$ 379. 765,00

supercopia_ok

Comentários (0)