Banner

ediponatan.com.br

24
Apr

Pe. Vicente: Santa Cruz não pode deixar de se desenvolver por causa da mesquinhez de alguns

Imprimir
PDF

20150324_182311O Pe. Vicente Fernandes, pároco de Santa Rita de Cássia, foi bastante enfático em defender a parceria firmada entre a Paróquia e a prefeitura que possibilitou a doação por parte da Igreja do terreno onde está sendo construído o Centro de Nefrologia de Santa Cruz.

Em seu discurso, Pe. Vicente afirmou que só sabe da importância desta obra quem tem transtornos para ir a Natal toda semana com um ente familiar que se utiliza do serviço de hemodiálise. "A Paróquia é historicamente parceira do município de Santa Cruz, desde a enchente de 1981 quando doou terrenos para a construção de um novo bairro e entendemos que está obra transformará a vida de muitos que sofrem com o tratamento de hemodiálise semanalmente. Isso é histórico e ficará nos anais de Santa Cruz que a Paróquia foi parceiro para este sonho ser concretizado", discursou o padre.

Em entrevista a Rádio Santa Cruz AM, Pe. Vicente ainda criticou a o que ele chamou de mesquinhez os atos de alguns que estão criticando a parceria "Santa Cruz não pode deixar de se desenvolver por causa da mesquinhez de alguns, tem que continuar com estas parcerias entre o público e o privado, e que se beneficiar a população, terá a participação da Paróquia. Estamos felizes com este momento histórico para o município", ressaltou o sacerdote.

carto_bem_estar

Comentários (0)
02
May
26
Jul
03
Jan
27
Jun

América é campeão em ano do centenário

Imprimir
PDF

americacampeao2015O filme se repetiu. Assim como em 2012, na última vez que se encontraram em uma decisão do Campeonato Potiguar, o América-RN bateu o ABC no Estádio Frasqueirão e soltou o grito de campeão.

A vitória por 1 a 0 valeu o bicampeonato estadual ao time rubro e teve como protagonista o zagueiro Flávio Boaventura, que defendeu o Alvinegro em 2013. Além de ser um monstro na defesa, foi dele o gol que explodiu a torcida americana na casa do rival.

Com a conquista, o Mecão deu fim a uma "maldição" que já durava cinco anos. Desde 2010, o campeão do primeiro turno não conseguia o título estadual. O último havia sido o Assu, em 2009.

banner_odontopremium

Comentários (0)

Nordeste cresce em média 3,3% ao ano e supera números nacionais

Imprimir
PDF

Com crescimento de 3,3% ao ano de 2002 a 2015, o Nordeste, juntamente com Norte, que teve 4,3% de incremento e Centro-Oeste, com 4,1%, foram as regiões que mais aumentaram suas participações no Produto Interno Bruto (PIB). Sudeste e Sul também cresceram, 2,6% e 2,4%, respectivamente, o que levou a média nacional para 2,9% nos anos abordados na pesquisa.

Os Estados do Piauí, com crescimento anual de 4,8%, Maranhão (4,5%), Paraíba (4,1%) e Ceará (3,5%) são destaques no cenário nordestino no levantamento. Os números obtidos em setores como a Indústria, Agropecuária e Serviços puxam os bons resultados da Região. A Bahia continua com maior participação do Nordeste no PIB brasileiro, com 4,1%.

No período da coleta de dados, a maior variação nordestina ficou com o Ceará, que passou de 1,9% em 2002 para 2,2% em 2015. Setores da Indústria, elevados pela produção de eletricidade e gás, água e esgoto, atividades de gestão de resíduos e contaminação; Serviços com atividades financeiras, de seguros e serviços relacionados e Informação, comunicação e comércio intensificaram a economia do estado.

As informações são do Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene), área de pesquisas do Banco do Nordeste, com base nos dados disponibilizados pela pesquisa "Contas Regionais do Brasil 2002-2015", do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas, IBGE. Mais informações sobre o estudo no link: Diário Econômico 319/2017 – Etene.

banersaomiguel

Comentários (0)

Tesouro Nacional admite que pode adiar reajuste de servidores em 2018

Imprimir
PDF

A secretária do Tesouro Nacional, Ana Paula Vescovi, admitiu nesta quarta-feira (26) que o governo pode adiar o reajuste dos servidores públicos que já foi acordado para o ano de 2018.

Vescovi informou que se discute o adiamento "em algums meses", mas não informou quantos. Segundo o jornalista Valdo Cruz, da GloboNews, o governo estuda adiar por seis meses a entrada em vigor do reajuste, de janeiro para julho de 2018.

Se adotada, a medida pode fazer os gastos com o reajuste cair de cerca de R$ 22 bilhões para R$ 11 bilhões no ano que vem.

A proposta vem em um momento em que o governo enfrenta dificuldades para fechar suas contas. A arrecadação está abaixo da esperada, reflexo da crise econômica, e os gastos do governo estão crescendo.

Com informações do G1

bannerpostagensumacasa

Comentários (0)

Artesanato e comidas de Nísia Floresta são temas de exposição na Assembleia

Imprimir
PDF

assembleia_exposicaoniziafloresta

O artesanato e as comidas regionais de Nísia Floresta são temas de exposição, nesta quinta-feira (28), na Assembleia Legislativa.

Eventos dessa natureza vêm sendo reforçados pela Assembleia Legislativa para promover os municípios. "É um evento voltado para os servidores e para promover nossas potencialidades. Tudo está sendo realizado em uma parceria dos restaurantes e hotéis e a associação", destacou o presidente da Aspol, Carlos Gomes.

Na mostra desta quinta, chamam a atenção iguarias como o camarão e caranguejo do Olavo, músico local e artesanato de bilro ao vivo.

O evento vai acontecer das 9h às 11h30 no restaurante da Assembleia Legislativa.

banersaomiguel

Comentários (0)