Banner

Assembleia Legislativa

Qualidade de Vida é tema de palestra para servidores

Imprimir
PDF

assembleia_qualidadedevidapalestra

Longevidade com Saúde. A palestra com o professor Ronaldo Aoqui e a educadora física Leila Maia foi além da explanação de conceitos para uma melhor qualidade de vida. Através de uma dinâmica individual, os servidores da Casa Legislativa puderam avaliar e qualificar aspectos da sua rotina.

"É importante o equilíbrio de todos os aspectos", afirmou Aoqui. O professor se referiu à saúde física, social, emocional, mental, espiritual e profissional, elencadas num gráfico da "roda da vida", aonde, sob a forma de exercício, os participantes puderam avaliar cada item na sua rotina atual.

A palestra aconteceu no auditório Cortez Pereira, sede do Legislativo. O evento foi realizado pela coordenação de Gestão de Pessoas e diretoria de Políticas Complementares. A abertura contou com a presença da diretora administrativa e financeira, Dulcinéa Brandão, do diretor de Políticas Complementares, Ricardo Fonseca e do coordenador de Gestão de Pessoas Thyago Cortez.

IMG-20171205-WA0069

Comentários (0)

Estudantes revivem história do Legislativo em visita ao Memorial

Imprimir
PDF

assembleia_memorial

A história do Poder Legislativo do RN foi apresentada a um grupo de alunos do Centro Estadual de Educação Profissional Senador Jessé Pinto Freire (CENEP) na manhã desta quarta-feira (6). Em visita ao Memorial Legislativo, os jovens, com idade entre 16 e 17 anos, tiveram contato com mais de 180 anos de história, passando pela trajetória dos primeiros parlamentares e pela destacada participação feminina na política potiguar, por exemplo.

"Essa aula, além de sair da rotina, proporciona uma educação cidadã para eles. Ganha mais importância ainda por estarmos em um ano eleitoral e faz com que eles se aproximem da realidade do nosso estado, proporcionando uma formação política", disse a professora de sociologia Elaine Cristina. A educadora destaca a importância de trazer esse tema para a sala de aula. "A maioria não quer nem discutir o assunto, tamanho o descrédito deles com a política", lamentou.

Além de passar pelo Memorial do Legislativo, o grupo visitou o Plenário, onde acontecem sessões, a TV Assembleia e outras dependências da Casa Legislativa. "É muito importante conhecer a história do nosso Estado assim de perto. Estou gostando do que estou vendo, desde a aula de história até os objetos que pertenceram aos deputados", destacou o estudante Adriel Rosa, 17.

Plínio Sanderson, historiador, ressalta a importância da visitação de alunos ao Memorial Legislativo. "Precisamos exercitar a memória para saber conduzir nosso futuro. Esses alunos são como um tela em branco, por isso a importância de resgatarmos fatos importantes conduzidos por norte-riograndenses".

O Memorial Legislativo

Através do Memorial do Legislativo Potiguar, a Assembleia Legislativa tem atuado com o objetivo de aproximar cada vez mais a população do acervo que remete aos mais importantes fatos da história. Mais de 700 estudantes, entre secundaristas e universitários, visitaram o espaço somente este ano.

O Memorial Legislativo possui exposição permanente na sede do parlamento estadual, localizada na Praça Sete de Setembro, Cidade Alta, com a história dos deputados e toda a sua trajetória política. A composição de linhas do tempo da história de cada um deles é detalhadamente traçada. O acervo do Memorial da Assembleia é formado com o auxílio de doações por parte de familiares e amigos dos ex e atuais parlamentares. A entrada é gratuita e o horário de funcionamento segue o da Casa, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

banner_675x90

Comentários (0)

Assembleia vai debater situação das escolas públicas do estado

Imprimir
PDF

assembleia_escolasdebate

A Assembleia Legislativa promove audiência pública nessa terça-feira (5), a partir das 15h30, com o tema "A situação das escolas da rede pública estadual do Rio Grande do Norte". O debate, proposto pelo deputado Mineiro Lula (PT), é resultado de solicitação feita por estudantes secundaristas, que denunciam o 'sucateamento' das escolas estaduais.

"A audiência vai ser importante para chamar a atenção da sociedade para a situação precária das escolas estaduais no Estado. Para que essa realidade mude, é preciso que a sociedade reaja e cobre do Governo melhorias para garantir as condições e estruturas necessárias, fazendo com que os alunos possam frequentar as escolas e que professores e funcionários tenham condições de trabalho", argumenta Mineiro Lula.

A audiência pública no Legislativo Estadual irá reunir representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública (Sinte), União Municipal dos Estudantes Secundaristas (UMES), União dos Estudantes Secundaristas do Estado (UESP), Associação Municipal dos Estudantes Secundaristas de Extremoz (AMES-Extremoz), Secretaria Estadual de Educação e Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Atuação Parlamentar

Fernando Mineiro tem a pauta da Educação como um dos principais eixos da sua atuação na Assembleia Legislativa, onde integra a Comissão de Educação, Ciências e Tecnologia, Desenvolvimento Econômico e Social. O parlamentar é autor de importantes leis na área, como a que regulamenta o programa Paz nas Escolas e a Lei do Livro, que busca fomentar o desenvolvimento cultural e estimular a produção de autores potiguares.

autoescolar3a1banner

Comentários (0)

Sucateamento das escolas estaduais é tema de debate na Assembleia

Imprimir
PDF

assembleia_escolasdebatesucateamento

Salas de aula superlotadas e sem climatização. Falta de professores. Problemas elétricos e estruturais. Transportes escolares em péssimo estado. Esses foram alguns dos problemas relatados por estudantes e professores da rede pública do Estado, em audiência pública realizada nesta terça-feira (5), na Assembleia Legislativa. Proposto pelo deputado Mineiro Lula (PT) após solicitação de estudantes secundaristas, o debate girou em torno do tema "A situação das escolas da rede pública do Rio Grande do Norte".

"O objetivo dessa discussão é chamar a atenção da sociedade para a situação precária das escolas estaduais no Estado. É preciso que a sociedade cobre do Governo as condições e estruturas necessárias. Só assim essa realidade pode ser modificada. É importante que a população busque seus direitos, para que os alunos possam frequentar as escolas e os professores e funcionários tenham condições adequadas de trabalho", argumentou Mineiro.

Segundo o presidente da União dos Estudantes Secundaristas Potiguares (UESP), Marcos Alexandre Santos, a luta contra a precarização das escolas estaduais do RN é constante. "Na última greve dos professores, uma das reclamações foram justamente as péssimas condições estruturais das escolas. Por todo o município de Natal, os alunos vivenciam problemas, como janelas quebradas, falta de ventiladores, ausência de quadra poliesportiva coberta, transportes superlotados. E a lista não para por aqui", relatou o estudante.

Para Marcos Alexandre, a escola é muito mais que uma sala de aula; é um local para se ter acesso ao conhecimento, ao esporte, ao lazer. O presidente da UESP cobrou ainda um calendário de reformas nas escolas norte-rio-grandenses. "Precisamos de uma resposta imediata do Governo, para podermos ter uma tranquilidade maior e conseguir ter acesso a uma educação de qualidade, que é nosso direito", desabafou.

Já Lauanda Pedrita, diretora da União Metropolitana dos Estudantes Secundaristas (UMES) de Natal, falou da importância de se priorizar os alunos que estão se evadindo das salas de aula. "Os estudantes às vezes resolvem deixar a escola devido à falta de estrutura, de professores, de merenda. Além disso, existe a questão dos ônibus escolares quebrados e superlotados. Muitos saem percorrendo as cidades do interior e chegam a levar 400 alunos de uma vez. Isso é um absurdo", relatou a estudante.

Dando ênfase à relevância de uma boa estrutura nas escolas para propiciar condições adequadas de ensino e de aprendizagem, o Diretor de Comunicação do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do RN (SINTE/RN), professor Miguel Salusto, embasou seu discurso com dois exemplos práticos. Primeiro ele relatou a ocorrência de um incêndio, causado por danos elétricos, numa sala de aula da Escola Pedro Alexandrino, localizada no município de São Pedro, no último fim-de-semana.

No segundo relato, Miguel Salusto falou em tom de indignação. "Numa escola da zona norte de Natal, um professor de física resolveu fazer uma experiência e medir a temperatura da sala de aula de uma turma do ensino médio, no turno da tarde. O termômetro marcou impressionantes 39 graus. É impossível absorver qualquer conteúdo desse jeito".

Outros docentes, em discursos incisivos, revelaram precisar utilizar seus próprios recursos para adquirir retroprojetores, ventiladores e materiais didáticos para seus alunos.

Em resposta aos relatos e questionamentos dos estudantes e professores, a representante da Secretaria Estadual da Educação e da Cultura (SEEC), Cláudia Santa Rosa, informou que, na época em que assumiu o cargo, não havia nenhum projeto estruturante para as escolas estaduais.

"Desde que assumimos a secretaria, já criamos seis programas educacionais, dentre eles o 'Promédio'. Estamos sempre buscando reduzir as reprovações, melhorar o desempenho dos alunos em matérias básicas, como português e matemática, além de ajustar os estudantes nas turmas adequadas para as suas idades", esclareceu Cláudia Rosa.

A secretária disse ainda que, em 2017, foi implantado o "Escola em Tempo Integral" para o ensino médio de 29 escolas estaduais.

Com relação à falta de professores, ela falou que essa carência pode ocorrer, também, devido a aposentadorias e licenças, mas que já existe um concurso vigente a fim de suprir parte das necessidades.

A respeito das reformas das instituições de ensino e das manutenções dos ônibus escolares, a representante da SEEC explicou que "há um contrato vigente de 13 milhões de reais para a realização de serviços de manutenção e construção de dezenas de escolas. Já sobre os transportes, estamos marcando as manutenções preventivas para o período de recesso escolar".

Ao final da audiência, o deputado Mineiro Lula sugeriu que fosse montada uma comissão de trabalho, formada por representantes das entidades estudantis, do sindicato e da Secretaria de Educação, a fim de se agendar uma reunião para a próxima semana, em que se irão discutir os principais problemas e articular formas de seguir na luta pelas suas resoluções.

bannerpostagensumacasa

Comentários (0)

AMICO será homenageada em sessão solene na Assembleia Legislativa

Imprimir
PDF

assembleia_amicohomenagem

A Assembleia Legislativa vai promover, no próximo dia 8 de junho, Sessão Solene em homenagem a Amico - Associação Amigos do Coração da Criança. A data escolhida pelo propositor, o presidente da Casa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), é alusiva ao 12 de junho, lembrado como o Dia da Cardiopatia Congênita, uma alteração na estrutura ou na função do coração, que atinge uma a cada 100 crianças brasileiras.

"Muito honra à nossa Casa Legislativa fazer uma homenagem a instituições como a Amico, que tão bem desempenha um papel junto a crianças cardiopatas e suas famílias no Rio Grande do Norte. Nós conhecemos a limitação do poder público para atender todas as demandas da saúde, e quando alguém se dispõe a fazer um trabalho como o que a Amico faz, só temos que aplaudir. Quero render nossas homenagens ainda ao médico anestesiologista Madson Vidal que foi muito feliz quando levantou a bandeira da criança cardiopata, e em 14 anos já conseguiu, com sua colaboração e empenho junto à sociedade e aos órgãos de saúde, salvar vidas de muitas crianças", disse o deputado Ezequiel Ferreira, justificando a homenagem.

A Amico é uma instituição, sem fins lucrativos, que atende mais de 900 crianças cardiopatas por ano. A instituição foi fundada no dia 28 de outubro de 2004 e no dia 27 de junho de 2011 inaugurou a sede que recebe crianças e mães do interior do estado para o tratamento em Natal. A Associação viabiliza o acompanhamento hospitalar, além dos medicamentos e mantimentos necessários.

Durante a Sessão Solene que terá início às 9 horas e acontecerá no Plenário da Assembleia Legislativa, serão homenageados os seguintes colaboradores da instituição: Marcelo Matos Cascudo, Alyne Melo da Silva, Flávia Freire, Thaís Matos Raposo, Marcella Alves de Vilar, Sâmia Tatiana Martins, Hermano Morais, Itamar Ribeiro de Oliveira, Renato Quaresma, Melina Tertuliano de Lima, Nilda Furtado da Rocha, Eulália Duarte Barros, Nailka Saldanha, Ênio de Oliveira Pinheiro e Aldenilde Rebouças Falcão.

banner_odontopremium

Comentários (0)