Banner

Estadual

IBGE: imigração no RN é maior que emigração

Imprimir
PDF

O Rio Grande do Norte foi o único estado do Nordeste com saldo positivo nos deslocamentos interestaduais de acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (2004 e 2009), realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os dados analisados na pesquisa mostram que no período 1995/2000 o número de imigrantes no RN foi de 77.916 pessoas, enquanto o de emigrantes, ou seja, indivíduos que saíram, foram apenas 71.287.

O saldo migratório do RN foi positivo em 6.630. Em comparação ao ano de 2004 o RN manteve saldo positivo. O número de pessoas que saíram do estado chegou a 73.494 e a quantidade de pessoas que vieram de outras unidades da federação para o RN chegou a 37.284. Na avaliação de 2009 o RN também se manteve com saldo positivo. O número de imigrantes foi 60.182 enquanto que o de emigrantes foi somente 37.047. As mudanças no comportamento da migração são justificadas pelas transformações nas vários aspectos da sociedade, como econômica, social e cultural.

supercopia_ok

Comentários (0)

Sistema prisional do RN deve ganhar vagas até dezembro

Imprimir
PDF

Os vários problemas do sistema prisional do Rio Grande do Norte, em ações pontuais, vão sendo alvos do trabalho da Secretaria de Estado da Justiça e da Cidadania (Sejuc). Apesar da realidade das carceragens potiguares continuarem caóticas - superlotação, falta de estrutura física, falhas na segurança -, as medidas tomadas pela secretaria em algumas das cadeias públicas do RN, em breve, devem amenizar o quadro de caos em que se encontram as unidades prisionais.

Até o fim deste ano, segundo o titular da Sejuc, Thiago Cortez, uma nova unidade prisional será aberta em Natal e outra no interior terá um novo pavilhão liberado. "Dentro de pouco tempo o prédio da antiga Deprov (Delegacia Especializada na Defesa da Propriedade de Veículos e Cargas), na Zona Norte, será liberado para receber presos. Assim como o novo pavilhão do presídio de Alcaçuz, que deverá ser entregue pronto até dezembro", afirmou o secretário. O prédio da Deprov já encontra-se pronto e, devido o acordo realizado entre a Polícia Civil e o Governodo Estado, para a retirada dos presos das delegacias. A nova unidade deverá receber os presos localizados na 7ª e na 14ª Delegacias de Polícia, além dos flagranteados.

banner_carloschagas

Comentários (0)

Ciência e Tecnologia libera R$ 2,1 milhões para a UFRN

Imprimir
PDF

O Ministério da Ciência e Tecnologia liberou há poucos dias R$ 1,1 milhão para o Instituto Internacional de Física e a Escola de Altos Estudos da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

A notícia foi comunicada terça-feira (12) à deputada federal Fátima Bezerra (PT) e à reitora da UFRN, Ângela Paiva, durante reunião com o secretário executivo do Ministério da Ciência e Tecnologia, Luiz Antonio Rodrigues Elias.

Também foi liberado R$ 1 milhão para o projeto Metrópole Digital da UFRN. Os recursos são resultado de um remanejamento da emenda de Fátima Bezerra que destina R$ 20 milhões para o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia.

Comentários (0)

Hemocentros do Estado ganham novos equipamentos

Imprimir
PDF

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), em convênio com o Ministério da Saúde, irá entregar, nesta sexta-feira (15), às 10h, no auditório do Hemocentro Dalton Barbosa Cunha - Hemonorte, novos equipamentos de informática que darão maior agilidade a Hemorrede Estadual.

Ao todo serão 72 computadores, 72 monitores, 34 impressoras, 02 notebooks e 02 projetores multimídia que serão entregues aos Hemocentros de Natal, Caicó e Mossoró e nas Unidades de Coleta de Currais Novos e Pau dos Ferros.

A Unidade Central de Natal irá formatar todos os equipamentos, dentro de 30 dias, com a instalação dos aplicativos e licenças necessárias para a sistematização do trabalho.

Comentários (0)

Professores permanecem em greve mesmo após ordem judicial

Imprimir
PDF

Os professores da rede pública estadual de ensino decidiram permanecer em greve, mesmo após a decisão judicial que obriga o retorno dos profissionais às salas de aula. O descumprimento da determinação acarreta para o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do RN (Sinte/RN) a multa diária de R$ 10 mil.

A decisão da manutenção do movimento grevista foi tomada em assembleia ocorrida na manhã desta quinta-feira (14), na qual a opção pela greve foi escolhida por unanimidade. Durante os debates, nenhuma das falas dos trabalhadores presentes se mostrou contrária à defesa da direção do sindicato.

Fátima Cardoso, presidente do Sinte, afirma que a categoria vai recorrer da decisão. "Nós iremos entrar com um recurso contra a decisão do TJ, mas antes esperamos entrar em acordo com o Governo do Estado", disse a sindicalista. Quando questionada com relação à possibilidade do corte de ponto dos professores, Fátima respondeu com a afirmativa de que seria melhor um consenso entre as partes. "Ao invés de cortar os pontos, o Estado deveria nos garantir que, até junho de 2012, 100% dos salários dos professores seria corrigido", completou.

Comentários (0)