Banner

Estadual

Estudante seridoense é sepultada com grande clamor popular

Imprimir
PDF

Tendo sido vitima de queda no fosso do elevador do Hotel Sam Marino em salvador na Bahia fato ocorrido no ultimo dia 16, foi sepultado no Cemitério Publico Nossa Senhora de Fátima no Bairro Paizinho Maria em Currais Novos, o corpo da jovem estudante de Ciências Contábeis, Janaína Bezerra de Medeiros, 32 anos.

 

Em clima de forte comoção, familiares, amigos e populares prestaram a ultima homenagem aquela que em vida era tida como uma pessoa dedicada a família, aos estudos e aos amigos, Janaina deixa um casal filhos menor.

Por ocasião da missa de corpo presente, muitas homenagens foram prestadas por seus familiares e colegas do curso de Ciências Contábeis da FAS. Por volta das 16h00minh o corpo foi sepultado ao som de muito choro por parte dos amigos familiares e populares presentes.

Aos familiares os nosso sentimentos.

sepultamentojanaina

sepultamentojanaina2

Com informações do Seridó Notícias.

Comentários (0)

Com quase 3 mil emendas, PNE deve ficar para 2012

Imprimir
PDF

O projeto de lei que criará o novo Plano Nacional de Educação (PNE), enviado ao Congresso Nacional no fim de 2010, recebeu 2.919 emendas parlamentares na comissão especial que analisa a matéria na Câmara. O documento irá estabelecer 20 metas educacionais que o país precisa cumprir até o fim da década. O relator da matéria, deputado Angelo Vanhoni (PT-PR), tinha previsão de terminar o relatório em agosto, mas, diante do número recorde de emendas, o texto deve ser concluído em setembro.

 

Depois da apresentação do relatório, abre-se novo prazo para apresentação de emendas. O presidente da comissão especial, deputado Gastão Vieira (PMDB-MA), prevê que a tramitação do plano na Câmara seja concluída até novembro, quando o texto será encaminhado ao Senado.

Comentários (0)

Geógrafo defende fusão do RN, Paraíba, Pernambuco e Alagoas em um único estado

Imprimir
PDF

O Congresso Nacional quer redividir o Brasil, criando pelo menos sete estados e quatro territórios federais. Na contramão dos parlamentares, o geógrafo e professor da Universidade de São Paulo (USP) André Roberto Martin defende uma nova organização, com a fusão de estados.

 

O geógrafo defende aredução para 14 estados e a criação de três territórios federais. O Brasil tem hoje 26 estados, além do Distrito Federal. Para ele, o principal problema das propostas em tramitação no Congresso é a falta de visão nacional.

 

A proposta de Martin seria fundir Rio Grande do Norte, Paraíba e Alagoas a Pernambuco, para fortalecer a Região Nordeste dentro da Federação. O Espírito Santo se uniria ao Rio de Janeiro. Mato Grosso e Mato Grosso do Sul se juntariam e Tocantins voltaria a pertencer a Goiás. Roraima, que até a década de 1980 era território, seria incorporado pelo Amazonas. E o antigo território do Amapá, elevado à condição de estado em 1988, seria englobado pelo Pará.

Comentários (0)

Servidores do Estado recebem primeira parcela do 13º salário

Imprimir
PDF

Os 100 mil servidores estaduais ativos, inativos e pensionistas do Rio Grande do Norte terão o pagamento da primeira parcela do 13º salário transferido para suas contas hoje.

Serão aproximadamente R$ 90 milhões de reais pagos aos servidores, o que corresponde a 40% do valor do 13º salário. Já os vencimentos relativos ao mês de junho serão pagos nos dias 29 e 30. Os primeiros a receber são os servidores com matrículas de 0 a 5. No segundo dia recebem os servidores com matrículas de 6 a 9.

Comentários (0)

RN é terceiro lugar em número de reprovação no Nordeste

Imprimir
PDF

Os indicadores mais recentes do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), órgão ligado ao Ministério da Educação (MEC), revelam uma triste constatação: piora o índice de qualidade na rede pública estadual do Rio Grande do Norte.

 

As altas taxas de evasão e a reprovação escolar, em todos os níveis, mostram que existe uma diferença abissal entre o que é ensinado na rede particular e o que é ministrado nas escolas públicas.

 

Em 2010, de acordo com o levantamento que ficou pronto no mês passado, 18,3% dos alunos matriculados no Ensino Fundamental da rede estadual norte-rio-grandense foram reprovados, enquanto a reprovação da rede privada foi de apenas 4,5%. O alento é o nível médio, onde não há diferença tão grande: a reprovação é de 6,4% nas escolas estaduais, e de 6,2% nas particulares.

 

Entre os estados do Nordeste, o Rio Grande do Norte aparece em 3º lugar no ranking de reprovação no que diz respeito aos colégios da rede estadual.

Comentários (0)