Banner

Estadual

Bugueiros do RN são vacinados contra a febre amarela

Imprimir
PDF

Vacinao_febre_amarela_do_Sindbuggy_-_Foto_DivulgaoO Sindicato dos Bugueiros Profissionais (Sindbuggy) realizou esta semana uma campanha de vacinação contra a febre amarela de olho na prevenção à doença devido ao convívio constante da categoria com turistas que vem de regiões afetadas pelo surto.

De acordo com o presidente do Sindbuggy, Luiz Thiago Manoel, foram vacinados mais de 100 profissionais. "Nós lidamos diariamente com turistas, muitos dessas regiões afetadas pelo surto da doença. Então realizamos essa ação preventiva para imunizar os bugueiros e dar mais segurança aos demais turistas", explicou.

A vacinação é recomendada para pessoas de 6 meses a 60 anos que vão viajar para regiões de risco. Não há um registro de suspeita da doença no litoral e o Rio Grande do Norte não faz parte da área de risco, os bugueiros profissionais se adiantaram na prevenção para não servirem de "porta de entrada" da doença no Estado. A campanha foi realizada em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde.

banner_carloschagas

Comentários (0)

UFRN: Ministro da Educação participa de inauguração na Maternidade

Imprimir
PDF

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) recebeu na última segunda-feira, 30, a visita do ministro da Educação, Mendonça Filho, que presenciou a inauguração da nova Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal da Maternidade Escola Januário Cicco (MEJC). O setor teve a capacidade ampliada de 10 para 23 leitos, correspondentes a 30% do total disponível no Estado.

"Esta é uma conquista muito importante para o atendimento às crianças prematuras. Na UTI os bebês renascem, aqui a vida é celebrada todos os dias", comemorou a superintendente da MEJC, Sônia Barreto. Os recursos de aproximadamente R$ 2,5 milhões para reforma, ampliação e aquisição de novos equipamentos foram advindos de repasses dos Ministérios da Saúde e Educação, entre eles o Programa de Reestruturação dos Hospitais Universitários (REHUF).

Para a reitora da UFRN, Ângela Maria Paiva Cruz, o investimento agrega valor social pelos benefícios proporcionados à população. Angela Paiva ainda ressaltou a inauguração de cinco leitos de UTI Neonatal no Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL) e mais 10 leitos que serão inaugurados em breve no Hospital Universitário Ana Bezerra (HUAB), que atualmente funcionam de modo semi-intensivo.

Após reconhecer a importância da universidade para a formação responsável, o ministro Mendonça Filho homenageou o trabalho humanizado prestado pelos servidores da MEJC. "Sinto-me feliz em contribuir para a saúde e a educação da população do RN", declarou. A solenidade contou com a presença de parlamentares, autoridades, servidores da UFRN e da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), gestora do hospital.

supercopia_ok

Comentários (0)

Agentes apreendem revólver, armas brancas e celulares em Alcaçuz

Imprimir
PDF


whatsapp_image_2017-01-27_at_10.52.39Um revólver, mais de 500 facas artesanais, celulares e drogas foram achados na manhã desta sexta-feira (27) na Penitenciária Estadual de Alcaçuz. A informação foi confirmada pelo governo do estado. Homens do Grupo de Operações Especiais (GOE) do governo do Rio Grande do Norte e agentes penitenciários da força-tarefa federal realizaram uma operação nos pavilhões 4 e 5  nesta manhã.

Por volta das 6h30 desta sexta-feira (27) homens do Grupo de Operações Especiais (GOE) do governo do Rio Grande do Norte e agentes penitenciários da força-tarefa federal entraram em Alcaçuz. De acordo com o titular da Sejuc, Wallber Virgolino, a Operação Phoenix deve durar 30 dias e tem como objetivo "retomar, permanecer, reestabelecer e reformar o presídio".

Com informações do G1

SANTACRUZ460X67-adek

Comentários (0)

BNB destina R$ 136 milhões para agricultura familiar no Rio Grande do norte

Imprimir
PDF

Os agricultores familiares do Rio Grande do Norte receberam, em 2016, investimento total de R$ 136 milhões em recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), administrado pelo Banco do Nordeste. O crédito, por meio do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), alcançou famílias de agricultores e produtores rurais de todos os 167 municípios potiguares.

Apesar dos efeitos da seca registrados nos últimos anos, o valor contratado aumentou 5,3% em relação a 2015, passando para R$ 136 milhões, bem como a quantidade de operações cresceu 9,7%, totalizando 28.358 em 2016.

Cerca de 94% dos recursos foram destinados para empreendimentos localizados na região semiárida potiguar. As áreas que mais demandaram crédito foram: bovinocultura (leiteira e de corte), ovinocultura, fruticultura e caprinocultura, seguidas de outras atividades como avicultura e apicultura, por exemplo.

Segundo o superintendente estadual do BNB no RN, José Mendes Batista, "a agricultura familiar é a grande responsável pela produção de alimentos agrícolas no Brasil e no Rio Grande do Norte. A concessão do crédito ajuda a desenvolver a economia local, diminuir o êxodo rural, ampliar a oferta de alimentos e aumentar a qualidade de vida do agricultor além de outros benefícios".

A expectativa do Banco do Nordeste para 2017 é investir mais de R$ 141 milhões na Agricultura Familiar potiguar, por meio do Pronaf.

banner_carloschagas

Comentários (0)

Governo confirma que pelo menos 56 fugiram em rebeliões em Alcaçuz

Imprimir
PDF

brazil-prison-_nacho_doce_reuters-2As Secretaria de Justiça e Cidadania do Rio Grande do Norte (Sejuc) divulgou nesta quarta-feira (25) que pelo menos 56 presos fugiram da Penitenciária de Alcaçuz desde a rebelião que deixou 26 detentos mortos no sábado (14). Quatro deles já foram recapturados.

O número foi divulgado após uma recontagem dos presos na operação de intervenção e retomada do controle da penitenciária realizada nesta terça (25) com participação de policiais militares do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), do Batalhão de Choque (BPChoque) e de agentes penitenciários do Grupo de Operações Especiais (GOE).

Segundo as secretarias, o número de fugas pode ser maior, já que alguns presos não responderam à chamada realizada nesta terça e podem estar ausentes do presídio em razão de alvarás de soltura. A Sejuc ainda vai cruzar os dados para confirmar as informações.

"Nada do que aconteceu nesses dias em Alcaçuz é privilégio do Rio Grande do Norte. Isso já vem ocorrendo em outros estados e é possível que acontece em mais. Mas nós trabalhamos de forma integrada para controlar a situação o mais rápido possível", disse o secretário de Justiça e Cidadania do RN, Wallber Virgolino.

Além dos foragidos, dez presos estão em hospitais. O Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep) também confirmou a morte de 26 presos nas rebeliões. Segundo o Itep, a expectativa é que não sejam encontrados mais corpos de presos mortos na penitenciária.

Com informações do G1

banner_carloschagas

Comentários (0)