Banner

Política

Tomba vai pedir explicações ao Ministério da Integral sobre adutora de Caicó

Imprimir
PDF

tomba_pedirexdplicacoesO deputado Tomba Farias (PSB) disse durante sessão plenária na Assembleia Legislativa, nesta terça-feira (11), que vai pedir explicações ao Ministério da Integração sobre a possível retirada dos municípios de Jardim de Piranhas, Timbaúba dos Batistas e São Fernando do projeto da Adutora de Caicó. O deputado Nélter Queiroz (PMDB) disse hoje que as três cidades foram excluídas do projeto. Segundo ele, a obra que tinha como responsável o Governo do Estado, por influencia política passou a ser do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS), o que trouxe prejuízo aos 3 municípios.

"Vou enviar um requerimento para Caern e irei pessoalmente ao Ministério da Integração para pedir explicações sobre o projeto. Não acredito que o Governo Federal mande recursos para se fazer quatro adutoras e faça apenas uma e além disso queira penalizar a população diante do atual momento", disse Tomba.

Ainda sobre abastecimento de água, o parlamentar destacou a adutora de Currais Novos. De acordo com Tomba, o vice-prefeito da cidade concedeu uma entrevista dizendo que a adutora não seria concluída e que a empresa responsável pela obra teria falido.

"O vice-prefeito de Currais Novos está equivocado. A empresa não faliu e depende apenas da assinatura de um aditivo. Semana que vem irei pessoalmente à Brasília conversar sobre o assunto para que a obra seja concluída", disse Tomba.

Recuperação de estradas

O deputado Tomba Farias falou também, durante pronunciamento, sobre o requerimento apresentado solicitando a recuperação da RN-093 no trecho que liga o trevo de Lagoa D'Anta ao Estado da Paraíba e no trecho que liga o Centro de Passa e Fica até a cidade de Nova Cruz pela RN-269.

"A rodovia se encontra em condições precárias de tráfego, comprometendo a segurança dos que passam pelo local", falou Tomba.

Clínica de hemodiálise

Tomba Farias destacou a abertura do Centro de Nefrologia Santa Rita, em Santa Cruz. A clínica foi aberta ontem e o paciente poderá fazer tratamento de hemodiálise pelo SUS, sem precisar enfrentar horas de viagens até Natal ou outro centro.

O Centro atenderá os paciente em três turnos intercalados nas segundas, quartas e sextas, ou terças, quintas e sábados. A capacidade é para atender 66 pacientes, mas pode chegar a 200, dependendo a demanda.

supercopia_ok

Comentários (0)

"PT preferiu montar máquina assistencialista a elevar indicadores de educação", diz Rogério Marinho

Imprimir
PDF

rogeriomarinho_ok-ok-ok"O país, na última década, sofreu com governos retrógrados e falastrões". A opinião é do deputado federal Rogério Marinho, presidente de honra do PSDB no Rio Grande do Norte. Em artigo publicado neste final de semana, o parlamentar aborda os diversos equívocos cometidos pelo PT nos 13 anos em que governou o Brasil, "um verdadeiro desastre em nome de um socialismo bolivariano violento, tacanho e ultrapassado".

De acordo com o tucano, o "PT preferiu montar uma máquina assistencialista a elevar os indicadores de educação". Segundo Rogério, "o resultado geral é de que não avançamos no preparo adequado da mão de obra para o mercado. Há uma legião de jovens, até diplomados, mas sem perícias, sem técnica, sem preparo profissional. O fato torna o futuro da nação incerto".

Ainda no texto, o parlamentar destaca a importância da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), entregue pelo governo na semana passada, para recolocar o país nos trilhos de um sistema educacional com qualidade. "Vamos aguardar e torcer que o documento esteja sintonizado com o espirito do tempo e com os anseios da nação, ao contrario dos panfletos doutrinários que foram apresentados pelo PT", finaliza.

supercopia_ok

Comentários (0)

Ex-deputado João Maia cobrou propina de empreiteiras no RN, diz delator

Imprimir
PDF
JoaoMaia_BrasiliaO ex-deputado federal João Maia (PR) teria cobrado propina de empreiteiras contratadas pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) no Rio Grande do Norte, segundo a delação premiada do ex-chefe de Serviço de Engenharia do órgão, Gledson Golbery de Araújo Maia. A propina era cobrada em contratos de obras, manutenção e sinalização na malha viária federal no estado. O "custo político", como ele se referia à cobrança, era de 4% do valor total de cada obra, livres de impostos. Pelo menos nove empresas ou consórcios teriam dado propina ao político.

Em 2010, Gledson foi preso pela Polícia Federal na Operação Via Ápia, que investigou fraudes no Dnit potiguar. De acordo com Gledson Maia, o dinheiro arrecadado com o "custo político" foi usado na campanha eleitoral de 2010, quando João Maia acabou reeleito deputado federal, sendo o segundo mais votado no Estado.

O G1 procurou o economista e ex-deputado João Maia que disse que não iria se manifestar. "Não posso me manifestar por não ter recebido nada oficial", disse.

Gledson Maia foi preso em flagrante pela Polícia Federal potiguar em 4 de novembro de 2010 no momento em que recebia uma maleta com R$ 50 mil em um restaurante na Zona Sul de Natal. Segundo a PF à época, esse dinheiro também era pagamento de propina.

A delação de Gledson, iniciada em outubro de 2016 e concluída em janeiro passado, foi homologada pelos juízes das 2ª e 14ª Varas Federais do Rio Grande do Norte, onde tramitam processos decorrentes da Via Ápia. A delação foi acordada com o procurador da República Ronaldo Sérgio Chaves Fernandes.

Com informações do G1

supercopia_ok

Comentários (0)

Técnicos do Tribunal de Contas concordam com pedido de Kelps para evitar que Carlos Eduardo Saque a dinheiro dos Aposentados de Natal

Imprimir
PDF

kelpslimaTécnicos do Tribunal de Contas do Estado emitiram parecer favorável à ação que o deputado Kelps Lima deu entrada no TCE para evitar que o prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves, saque o dinheiro dos aposentados do Município.

O parecer técnico foi solicitado pelo Conselheiro que vai julgar o caso, Tarcísio Costa, para embasar a decisão que ele vai tomar diante do pedido de liminar que Kelps fez ao Tribunal de Contas.

Para o deputado, a liminar se faz necessária como instrumento jurídico ágil e rápido diante da pressa de Carlos Eduardo em fazer o saque do dinheiro. Kelps acredita que a atitude do prefeito traga prejuízo ao sistema de previdência dos servidores da Prefeitura.

Os técnicos do Tribunal de Contas recomendam que o conselheiro Tarcísio Costa atenda ao pedido de liminar e suspenda o saque pretendido pela Prefeitura.

supercopia_ok

Comentários (0)

Ao lado do ministro, Rafael Motta visita obras na BR-101 e na Reta Tabajara

Imprimir
PDF

visita_ministro__3O deputado federal Rafael Motta (PSB) participou na manhã de hoje (3) da visita do ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella, às obras federais na BR-101 e na Reta Tabajara. Rafael Motta, que é integrante da Frente Parlamentar de Engenharia, Infraestrutura e Desenvolvimento Nacional, ressaltou a importância das obras para o Rio Grande do Norte, sobretudo, no que diz respeito a mobilidade urbana e a segurança.

"As obras são muito importantes e são pleitos antigos da população. A visita do ministro Maurício Quintella foi muito importante, também, porque ele reafirmou que as obras na BR-101 estão garantidas graças a emenda coletiva que nós da bancada potiguar no Congresso destinamos", afirmou o parlamentar.

Ao lado do ministro, Rafael Motta participou do ato de liberação do segundo viaduto na BR – 101, no bairro de Emaús, em Parnamirim, e visitou as obras de túnel de Pium, também na BR - 101, e de duplicação da Reta Tabajara, em Macaíba.

Comentários (0)