Banner

Polícia

Assaltante perigoso do DNER é assassinado

Imprimir
PDF

Um dos bandidos mais perigosos do DNER que estava aterrorizando a cidade com vários assaltos foi assassinado na noite de ontem. José Ivanilson Nogueira Perreira, 23 anos, conhecido por Nego de Zé Belo, foi morto com vários disparos de arma de fogo da Vila de Todos.

Segundo informações do Sargento Lopes da 4ª Companhia Independente de Polícia Militar, Nego de Zé Belo, que já havia cometido dois assaltos na noite de ontem, chegou à Vila por volta das 23h, quando viu um casal em um dos quiosques. Ao anunciar o assalto, um rapaz não identificado, sacou uma arma de fogo e efetuou vários disparos contra a vítima e se evadiu do local.

Policiais da 4ª Companhia Independente de Polícia Militar ainda socorreram a vítima que chegou ao Hospital Regional Aluísio Bezerra, mas na unidade de saúde ele morreu por causa da gravidade dos ferimentos.

A polícia fez diligências no local, mas não conseguiu capturar nenhum suspeito. O caso agora será investigado pela 9ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Santa Cruz.

carto_bem_estar

Comentários (0)

Indivíduos ficam gravimente feridos após embate

Imprimir
PDF

tentativahomicidioUma briga entre dois indivíduos embriagados acabou deixando ambos gravemente feridos.

Segundo informações de populares, os indivíduos estavam bebendo próximo ao mercado público de Santa cruz, quando iniciaram uma briga. Um deles, conhecido até o momento apenas por Tanga, desferiu dois golpes de faca, um deles atingindo o peito de Francisco Assis da Silva, vulgo Tiquim.

Ao perceber que havia sido atingido por golpes de faca, Francisco de Assis utilizou um pedaço de pau e efetuou cerca de 10 golpes na cabeça de Tanga. Os dois foram levado ao Hospital Regional Aluísio Bezerra onde,a te o fechamento desta matéria, estão em estado gravíssimo.

Segundo informações de populares, os dois não tem passagens pela polícia nem histórico de violência. A 9ª Delegacia Regional de Polícia Civil investigará o caso.

carto_bem_estar

Comentários (0)

Polícia Civil prende 63 pessoas em menos de 24 horas

Imprimir
PDF

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte deflagrou nesta terça-feira (26) uma operação com o objetivo de cumprir mandados de prisão em aberto e mandados de busca e apreensão. Ao todo foram presas 63 pessoas, dentre esses foram apreendidos 17 adolescentes.

A ação batizada de "Operação Retorno" foi idealizada pelo Delegado Geral da Polícia Civil, Fábio Rogério Silva, planejada pelo delegado Ben-Hur Cirino de Medeiros e organizada pela Diretoria de Policiamento de Natal e Grande Natal (DPGRAN) juntamente com a Diretoria de Policiamento do Interior (DPCIM).

De acordo com o secretário de Segurança Pública e Defesa Social do RN (Sesed), Aldair da Rocha, 200 homens trabalharam na operação que marcou a volta da Polícia Civil ao trabalho após quase dois meses em greve. "A operação foi planejada, executada e coordenada pela Polícia Civil", disse o secretário.

bannerpostagensumacasa

Comentários (0)