Banner
23
Mai

Emenda do deputado Tomba Farias garantiu o pagamento do teleférico de Santa Cruz

Imprimir
PDF

tomba_assembleiaok

Durante pronunciamento no Plenário da Assembleia Legislativa, o deputado estadual Tomba Farias (PSDB) revelou que foi uma emenda impositiva de sua autoria que viabilizou o pagamento, pelo governo do Estado, de parte dos recursos necessários para a compra do teleférico de Santa Cruz.

A revelação feita pelo parlamentar desmente notícias plantadas nas redes sociais, omitindo a atuação do deputado e dando conta de que a governadora Fátima Bezerra havia "quitado" o valor de compra do teleférico.

O deputado estadual George Soares (PR) esclareceu que as notícias anônimas que circularam nas redes sociais não partiu do governo, enquanto o deputado Francisco do PT revelou que esteve com a governadora Fátima Bezerra e a mesma se mostrou feliz pela compra do equipamento e disse que precisava encontrar Tomba para parabenizar porque o teleférico era fruto do trabalho do deputado.

Após os esclarecimentos dos parlamentares, Tomba Farias agradeceu a governadora por ter pago a emenda de sua autoria destinada ao teleférico de Santa Cruz. "O turismo não é só meu, nem só de Santa Cruz, é do Estado", disse.

FISCALIZAÇÃO

O deputado Tomba Farias criticou ainda a forma como o Detran e o DER procederam nas blitz da Lei Seca e na fiscalização aos ônibus de turismo que transportaram romeiros para a festa e procissão de Santa Rita de Cássia realizada nesta quarta-feira, 22, em Santa Cruz.

O parlamentar revelou que abordagens e fiscalizações foram feitas de maneira ostensivas, sem que nenhuma campanha educativa tenha sido feita para conscientizar os visitantes.

"Nós somos a favor da fiscalização. Se vai ter fiscalização faça também a parte educativa", sugeriu Tomba Farias, que afirmou não concordar com a rigorosidade, já que a blitz fechava a cidade. Ele também ressaltou que vários ônibus foram parados, fazendo com que turistas e ambulantes não conseguissem chegar na festa.

Para Tomba, a fiscalização deveria existir, mas seria importante que tivesse acontecido uma blitz educativa, que os turistas tivessem sido alertados e assim evitado o transtorno.

banner_carloschagas

Comentários (0)