Banner
12
Jan

UFRN é destacada entre as mais competitivas da ciência brasileira

Imprimir
PDF

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) foi citada entre as instituições de ensino superior atualmente mais competitivas da ciência brasileira, conforme artigo publicado no Jornal da Ciência, da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). De autoria do diretor de Desenvolvimento Científico e Tecnológico da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), Wanderley de Souza, o texto aborda o apoio à ciência no Brasil e destaca o recente surgimento do Instituto Serrapilheira, primeira instituição privada sem fins lucrativos que se dedica exclusivamente ao fomento científico no país.

A UFRN foi uma das seletas instituições a ter cinco pesquisas selecionadas para financiamento na primeira chamada pública do Serrapilheira. O desempenho foi considerado "excelente" por Wanderley de Souza, que elencou a UFRN junto a outras instituições que também apresentaram mais de uma pesquisa aprovada: Universidade de São Paulo (USP), Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Centro Nacional de Pesquisa em Energia de Materiais (CNPEM), Pontifícia Universidade Católica do RJ (PUC-RJ), Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e Universidade Federal do Ceará (UFC).

"Estes dados vão apontando as instituições atualmente mais competitivas da ciência brasileira", afirmou o autor, que destacou a presença da UFRN e da UFC como uma demonstração de que "a qualidade da ciência brasileira está sendo gradualmente descentralizada".

banner_odontopremium

Comentários (0)