Banner
31
Oct

Ebserh e Ministério da Saúde projetam criar serviço de radioterapia no HUOL

Imprimir
PDF

visita_ms_huol

Nesta segunda-feira, 30, o presidente da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), Kleber Morais, e o coordenador geral de Atenção Especializada do Ministério da Saúde (MS), Sandro Martins, visitaram o Hospital Universitário Onofre Lopes da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (Huol-UFRN), para analisar o projeto de criação de um setor de radioterapia na unidade.

A parceria prevê que um acelerador linear, equipamento de alta tecnologia que trata o câncer empregando feixe de radiações, será cedido pelo MS, enquanto a estatal que gere os hospitais universitários federais investirá na infraestrutura de apoio e na equipe especializada. "Há um compromisso institucional assumido com o próprio ministro da Saúde, Ricardo Barros, de prioridade desse projeto na Ebserh. Estamos aqui para definir o local e assegurar que o investimento seja efetivado", destacou Morais.

Tido como "enorme passo" para a ampliação do serviço de Oncologia, de acordo com o chefe da especialidade no Huol, agora o projeto será detalhado pela infraestrutura e encaminhado ao MS, que emitirá uma portaria de inclusão do hospital no âmbito do Plano de Expansão dos Serviços de Radioterapia, que tem como objetivo ampliar o acesso da população a procedimentos oncológicos no Sistema Único de Saúde (SUS).

A visita foi acompanhada pelo superintendente do Huol, Stenio da Silveira, pelo chefe da unidade de Oncologia, Elio Barreto, e pela equipe de infraestrutura do hospital, além do diretor do Centro de Ciências da Saúde da UFRN, Hênio Ferreira, e dos superintendentes da Maternidade Escola Januário Cicco (Mejc), Murillo Britto, e do Hospital Universitário Ana Bezerra (Huab), Cláudia de Rubim.

Sobre a Ebserh

Desde agosto de 2013, o Huol-UFRN é filiado à Ebserh, estatal vinculada ao Ministério da Educação, que administra atualmente 39 hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

O órgão, criado em dezembro de 2011, também é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações nas 50 unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.

autoescolar3a1banner

Comentários (0)