Banner
04
Set
04
Set

VISITA-COMITIVAPAULISTA-001

A cidade de Santa Cruz recebeu, nesta terça-feira (03), representantes do município de São Miguel Arcanjo/SP, que vinheram conhecer o case de sucesso de nosso município no Turismo Religioso.

Desde 2013, que a cidade faz investimentos para se tornar turística e viu Santa Cruz como exemplo para atrair pessoas para a Basílica do município. Estiveram em Santa Cruz, o Pe. Márcio, representando a paróquia de São Miguel Arcanjo, o secretário de Turismo Aelson, o administrador da Basílica de São Miguel, André Brisola, e representantes de uma empresa que está fazendo trabalhos na área do turismo na cidade.

Em Santa Cruz, a comitiva foi recebida pelo prefeito Ivanildinho e o Pe. Vicente Fernandes, pároco de Santa Rita de Cássia. Todos ficaram impressionados com a estrutura de Santa Cruz e vão levar para o município do interior paulista o trabalho feito aqui para consolidação do destino turístico religioso.

Os municípios deverão continuar em diálogo para fortalecer o intercâmbio cultural e turístico.

VISITA-COMITIVAPAULISTA-003

banner_odontopremium

Comentários (0)
04
Set

unnamed

O baixo percentual de participação feminina em alguns cursos de engenharia não chega a surpreender por ser um fenômeno mundial e observado em outras universidades. Mas a UFRN aposta em algumas iniciativas que buscam diminuir essa disparidade. Uma delas é o Futebol de Robôs, um projeto desenvolvido no Departamento de Engenharia da Computação e levado para escolas da rede pública com a intenção de atrair mais mulheres para a área tecnológica.

O projeto Futebol de Robôs teve origem no Laboratório de Robótica, onde alunos desenvolveram uma tecnologia mista, capaz de movimentar múltiplos robôs de maneira autônoma e sem interferência humana. Com isso, foi possível transformar o automatismo buscado na pesquisa em um lúdico jogo de futebol, para o qual, inclusive, já existem até campeonatos em uma modalidade específica para robôs.

Paralelo a isso, há um projeto de extensão chamado Robótica como agente incentivador e potencializador da vocação científica e tecnológica de meninas e jovens alunas de Engenharia. Também apelidado como MEG ou Mulheres na Engenharia, a ação de extensão tenta levar os conhecimentos de engenharia básica aliada à tecnologia desenvolvida com o futebol de robôs para meninas de escolas da rede pública de ensino, monitoradas por alunas dos cursos de Engenharia.

Para o professor do Departamento de Engenharia de Computação e Automação Pablo Javier Alcina, coordenador do MEG, a iniciativa tem dupla função. "Da mesma forma que motiva as alunas do ensino médio a buscar a área das engenharias, também faz com que a aluna que já está no curso de Engenharia tenha a sua vocação reforçada, porque também há muita evasão entre as alunas dos cursos de tecnologia".

Na Universidade Federal, por exemplo, dos 183 alunos matriculados no curso de Engenharia da Computação, no campus central, apenas 29 são mulheres. Em Engenharia Mecânica, são 226 homens para 45 mulheres. Em Engenharia Elétrica, a presença feminina é ainda menor, apontando apenas 65 mulheres para 381 homens, o que equivale a dizer que apenas 14% dos 446 alunos regulares no curso são do sexo feminino.

O futebol de robôs envolve conhecimentos mistos de várias disciplinas que podem ser trabalhadas com as estudantes do ensino médio para que estas percebam a aplicação prática do que é estudado. As alunas de engenharia levam o campo de futebol e os robôs nas visitas às escolas e buscam compartilhar os ensinamentos, que às vezes funcionam até como reforço escolar. "Na escola em que eu estudava nunca tive aula de matemática e tive poucas de física e hoje eu estou na UFRN cursando uma graduação de exatas. Esse contato desperta a curiosidade de aprender e eu descobri que gostava daquilo", conta a aluna de Ciência da Computação Jaisa Barbosa, que hoje também é monitora do projeto.

O grupo usa conhecimentos de física, eletrônica, eletricidade e impressão 3D, entre outros saberes desenvolvidos no futebol de robôs, divididos em módulos, com o objetivo de que, ao final do semestre, as alunas consigam desenvolver o próprio robô. No momento, 32 alunas de escolas estaduais são acompanhadas pelo projeto, mas a ideia é de que essas meninas se transformem em multiplicadoras após o encerramento das atividades, compartilhando o conhecimento adquirido.

bannerfestajapi

Comentários (0)
04
Set

tomba_mandetta

O deputado Tomba Farias se reuniu nesta terça-feira (03) com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

Tomba está em Brasília em busca de recursos para Santa Cruz e tem visitados diversos ministérios, acompanhado pelo ex-senador José Agripino.

No encontro com o ministro da Saúde, Tomba reforçou o pedido da gestão municipal pela mudança do prédio da UPA para se tornar um Centro de Saúde da Família, passo importante para garantir uma atenção básica de maior qualidade para o bairro Paraíso.

Além disso, o deputado voltou a pleitear a liberação de cerca de R$ 750 mil para investimentos em manutenção da atenção básica de saúde em Santa Cruz, verba que o município aguarda há alguns meses para ser liberada.

Tomba Farias afirmou que o ministro foi bastante solícito aos pleitos de Santa Cruz e destacou que o diálogo é essencial para garantia de mais verbas para o município.

brenobannernovo

Comentários (0)
04
Set

plantaopolicial-ok

O padrasto da menina de 6 anos encontrada morta no município de Jaçanã, na região Agreste do Rio Grande do Norte, em agosto deste ano, confessou ter assassinado a criança, segundo disse a Polícia Civil nesta terça-feira (03). A menina foi achada morta com sinais de estrangulamento dentro de casa no dia 9 de agosto e morreu ao dar entrada no hospital. A notícia é destaque do portal G1/RN.

Segundo a investigação dos policiais civis, a mãe da criança, que chegou a ser presa preventivamente ao lado do padrasto, não teve nenhuma relação com a morte da filha. A polícia concluiu que ela sequer estava em casa na hora do crime.

"Segundo a Polícia Civil, o padrasto confessou o assassinato, mas alegou que o crime foi um acidente. No depoimento, ele contou que entrou no quarto para pegar uma roupa e a criança acordou assustada, momento em que começou a gritar. Ele disse no depoimento que os gritos poderiam chamar a atenção da vizinhança e colocou um lençol na boca e nariz da criança para fazê-la parar. O padrasto disse que a menina apagou, mas achou que ela teria desmaiado num primeiro instante e voltado a dormir na sequência", informa o G1.

O padrasto da criança, que tem 34 anos, morava com a mãe dela e outros quatro irmãos em Jaçanã.

Fonte: Portal Grande Ponto

brenobannernovo

Comentários (0)
04
Set

gtnet_lajespintadas1

A GTNet realizou com sucesso ação de instalação de fibra ótica na cidade de Lajes Pintadas.

Durante dois dias (segunda e terça desta semana), a empresa realizou diversos novos cadastros e migrações para a nova tecnologia e já começou as instalações nas residências dos lajespintadenses.

A GTNet oferece a tecnologia de fibra ótica é uma das tecnologias mais avançadas no mercado e garante uma conexão mais segura e rápida, garantindo satisfação dos seus clientes.

Clientes de Santa Cruz, Coronel Ezequiel e Lajes Pintadas já contam com a tecnologia da fibra ótica para melhor atender suas necessidades diárias de conexão, com a melhor qualidade do Trairi, padrão GTNet.

Venha você também para a GTNet. Rua Cosme Ferreira Marques, próximo a Funerária Santa Cruz e NadarVida Fitness, ou entrar em contato pelos telefones: (84) 3291-3913, 99916-8654 e pelo whats 98707-3000.

gtnet_lajespintadas4

gtnet_lajespintadas3

gtnet_lajespintadas2

Comentários (0)
04
Set

IMG000000000211360-750x422

Uma operação montada pela Secretaria Estadual de Tributação (SET-RN), apreendeu R$ 180 mil em mercadorias que estavam sendo transportadas sem notas fiscais na BR-101, já divisa do Rio Grande do Norte com a Paraíba.

A operação foi deflagrada no início da tarde da segunda-feira, 2, em parceria com a Polícia Rodoviária Federal e Polícia Militar e só finalizou à noite.

Foram apreendidos pelos auditores fiscais diversos tipos de mercadorias, mas os produtos com maior incidência de irregularidade fiscal foram as confecções, que estavam entrando no Rio Grande do Norte sem documentos que comprovassem o recolhimento de tributos. Se o material tivesse ultrapassado a barreira e chegasse ao comércio, o estado deixaria de arrecadar algo em torno de R$ 52 mil.

Todas as mercadorias apreendidas e que não foram regularizadas por falta das notas fiscais foram encaminhadas para o depósito da Secretaria de Estado da Tributação. Se tratando de produtos perecíveis, o proprietário da carga tem até 24 horas para regularizar a situação. Após esse prazo, a mercadoria é doada para instituições filantrópicas. Se não for perecível, o material, após um período, vai a leilão.

Essa foi mais uma operação conjunta de combate à sonegação fiscal realizada em 2019 pela SET-RN e visa minimizar o trânsito de produtos sem notas. Somente nos oito primeiros meses do ano, os auditores autuaram e apreenderam cerca de R$ 33 milhões em mercadorias irregulares, sendo lançados montantes de aproximadamente R$ 15 milhões em impostos e multas em função da autuação e retenção desse material.

banner_odontopremium

Comentários (0)
04
Set

Celso-750x422

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) acatou, na tarde desta terça-feira, 3, a denúncia oferecida pelo ABC contra o treinador do Treze-PB, Celso Teixeira, que teria comandado a equipe paraibana de maneira irregular na partida contra o Confiança-SE, pela Série C do Campeonato Brasileiro. Agora, o caso vai para julgamento.

Como é de praxe, a primeira apreciação do caso será em instância inicial. Ou seja, as partes poderão recorrer da decisão e provocar um novo julgamento em instância superior, que seria o Pleno do Tribunal. No entanto, a Corte desportiva ainda não divulgou quando será realizado o primeiro julgamento.

Em notícia de infração encaminhada ao STJD no final do mês passado, o ABC denunciou que Celso Teixeira atuou de maneira irregular pelo Treze no jogo contra o Confiança-SE. Segundo o clube potiguar, Celso estava punido pelo próprio STJD com três partidas de suspensão, das quais havia cumprido apenas uma em seu antigo clube (Central-PE).

Em sua defesa, o Treze divulgou abertamente à imprensa que recebeu um documento "nada consta" da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) que liberava Celso para atuar pelo clube. Por isso, ainda na semana passada, o Tribunal desportivo pediu esclarecimentos ao time e a própria Confederação para somente nesta terça acatar a denúncia.

O ABC queria que o Treze fosse julgado com base no artigo 214 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que diz: "incluir na equipe, ou fazer constar da súmula ou documento equivalente, atleta em situação irregular para participar de partida, prova ou equivalente". A pena seria a perda do número máximo de pontos atribuídos a uma vitória (3) e multa que poderia variar de R$ 100 a R$ 100 mil.

Contudo, a denúncia foi acatada pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva e enquadrada em três artigos, sendo o 49 do Regulamento Geral de Competições (RGC) da CBF, e o 191 junto com o 223 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva. Todo eles preveem como pena apenas a aplicação de uma multa, que também pode variar de R$ 100 a R$ 100 mil, a depender do entendimento dos procuradores que julgarão o caso.

Diante deste cenário, o ABC não tem mais interesse esportivo na matéria. Isso porque o clube só seria beneficiado caso o Treze acabasse penalizado com a perda de pontos. Se isso ocorresse, o time paraibano perderia uma posição na tabela de classificação justamente para o Alvinegro potiguar, que iria para a oitava colocação e não mais seria rebaixado para a Série D de 2020. Agora, resta ao clube planejar a próxima temporada, com a certeza de que estará na última divisão do futebol nacional.

Com informações do Agora RN

banner_odontopremium

Comentários (0)
04
Set

APAC

O Governo do Rio Grande do Norte, por meio da Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Seap/RN), assinou um termo de fomento com a Associação de Proteção e Assistências aos Condenados de Macau (APAC/Macau), nesta segunda-feira (2). Com apoio do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN), o documento prevê a implantação de uma parceria entre as entidades na recuperação e assistência de internos do sistema prisional.

Com o termo, a APAC/Macau poderá atender 34 sentenciados pela Justiça, sendo 20 do regime fechado e 14 do semiaberto, no Centro de Reintegração Social (CRS/Macau). Será ofertado ao assistido a valorização e recuperação da dignidade humana, com ênfase nos aspectos morais e religiosos, com objetivo de auxiliar na recuperação.

A vigência do convênio será de 12 meses, podendo ser prorrogado se for de interesse das partes envolvidas, ao custo de R$ 292.980,80, repassados pela Seap mensalmente. Compete a Secretaria, por meio do Departamento de Promoção à Cidadania (DPC), a supervisão, fiscalização e acompanhamento da execução do convênio e dos recursos.

A governadora Fátima Bezerra explicou que este tipo de convênio faz parte do Plano de Governo e foi possível graças ao empenho dos parceiros, entre eles a APAC e o Tribunal de Justiça, que estavam presentes na assinatura. "Estamos felizes em colocar em prática este convênio no sistema prisional do RN em conjuntos com outros órgãos que acreditam neste projeto", comentou.

O titular da Seap/RN, Pedro Florêncio Filho revelou que o projeto inicial ficará restrito a APAC/Macau, entretanto, adiantou planos de implantação de parceria similar em Macaíba e São Gonçalo do Amarante. "Essa medida faz parte do Plano de Governo e eu sei que se tenta há mais de 9 anos e a partir de hoje poderemos colocar em prática. Não tenho dúvidas que a APAC será uma grande parceira. É uma unidade pequena, mas é importante iniciar para depois ampliar", disse.

A presidente da APAC/Macau, Clara Mara Costa lembrou que ao longo de quase 10 anos foram várias tentativas de implentar uma parceria com o Governo do Estado, citando que existem voluntários, mas também há custos necessários na manutenção do trabalho de assistência. "Trata-se de uma batalha muito grande para a APAC. Sao quase 9 anos dessas caminhada e só agora tivemos esta oportunidade. É um missão de Deus essa colobaração", classificou.

Participaram ainda da solenidade de assinatura do termo, o vice-governador Antenor Roberto, o presidente do TJRN, desembargador João Rebouças, o corregedor do TJRN, desembargador Amaury Sobrinho, o titular da Secretaria de Gestão e Projetos, Fernando Mineiro, os juizes Gutavo Marinho e Italo Lopes, das comarcas de Natal e Macau, respectivamente, além de representantes do DPC/Seap e APAC.

Banner_Queijeira_1950x300

Comentários (0)
04
Set

Gostoso_Lab

A Mostra de Cinema de Gostoso e o BrLab organizam em parceria, a 1ª edição do GOSTOSO LAB, um laboratório para projetos de longa-metragem do Estado do Rio Grande do Norte em fase de desenvolvimento. Serão selecionados quatro projetos de longa-metragem de ficção ou documentário para participar do laboratório. As atividades de consultoria vão ocorrer durante a realização da 6ª Mostra de Cinema de Gostoso, na cidade de São Miguel do Gostoso (RN), no período de 08 a 12 de novembro de 2019.

As inscrições para o Gostoso Lab podem ser realizadas até o dia 25 de setembro de 2019. Os documentos deverão ser enviados através do formulário online, preenchido até às 18h da data limite de inscrição. Os projetos serão recebidos digitalmente através do formulário de inscrição online no site www.mostradecinemadegostoso.com.br

O Gostoso Lab será um espaço voltado à reflexão e análise de projetos para o desenvolvimento e intercâmbio criativo de ideias e configura-se como um espaço de discussão coletiva, em torno do argumento, da narrativa, da realização, da produção e da distribuição de um longa-metragem.

Os participantes terão oportunidade de trabalhar sob orientação e em interlocução com profissionais renomados da indústria audiovisual brasileira, sob tutoria da produtora Daniela Aun, da roteirista Fernanda De Capua, do diretor Marcelo Lordello e do produtor e diretor do BrLab, Rafael Sampaio, responsável pela coordenação pedagógica. Ao longo dos quatro primeiros dias, os representantes dos projetos selecionados participarão de intensas atividades de discussão, através de consultorias individuais, sessões coletivas e de uma programação que contará com palestras e encontros com profissionais presentes à 6ª Mostra de Cinema de Gostoso. No quinto dia pela manhã, os projetos serão apresentados em formato de pitch para convidados, antes da conclusão do laboratório. As atividades visam apresentar um panorama do cenário brasileiro e internacional da produção audiovisual, e oferecer ferramentas para que os projetos de longa-metragem sejam melhor desenvolvidos e potencializados em seus diferentes aspectos fundamentais como roteiro, direção, produção e distribuição.

A lista dos selecionados será divulgada até o dia 04 de outubro de 2019. Os responsáveis serão contatados pela organização do laboratório e deverão, desde a inscrição, estar disponíveis para participar integralmente das atividades em São Miguel do Gostoso (RN) no período de 08 a 12 de novembro.

Projeto desenvolvido pela Klaxon Cultura Audiovisual, o BrLab acontece anualmente desde 2011 e é destinado a futuros filmes em fase de desenvolvimento de roteiro, planejamento comercial e de produção. Atualmente, é o único laboratório de desenvolvimento de projetos audiovisuais no Brasil que recebe projetos de todas as regiões do país, de toda a América Latina, Península Ibérica e pela primeira vez também da Itália. Através de uma convocatória pública, são selecionados diretores e produtores de onze projetos, que recebem bolsas para participar de diferentes atividades durante o laboratório, além de receberem consultorias individuais de renomados consultores do Brasil e do mundo.

banner_carloschagas

Comentários (0)