RN no G1

Últimas notícias de Natal e todo o estado do RN. Acompanhe informações de trânsito, tempo, agenda cultural, telejornais e coberturas da Inter TV Cabugi.
g1 > Rio Grande do Norte

  1. Carro ficou preso na Rua da Saudade, em Nova Descoberta. Natal registrou pontos de alagamentos em todas as regiões da cidade neste domingo (3). Vídeo mostra homem abandonando carro pela janela após ficar preso em alagamento Um vídeo feito por um morador do bairro Nova Descoberta, na Zona Sul de Natal, mostra o momento em que um motorista abandona o carro pela janela após o veículo ficar preso em uma alagamento. O caso aconteceu neste domingo (3), na Rua da Saudade. O vídeo mostra que o motorista contou com a ajuda do morador para sair do carro. A capital potiguar registrou vários pontos de alagamento nesse domingo por causa da chuva que cai desde a madrugada. Além disso, em vários bairros a água invadiu casas e abriu crateras em ruas. Carro ficou quase totalmente submerso na Rua da Saudade Ayrton Freire/Inter TV Cabugi Em 12 horas, choveu mais da metade do previsto para todo o mês de julho na capital, segundo a Emparn. São esperadas chuvas de até 245 milímetros para o mês e somente neste domingo choveu 148 mm. O Instituto Nacional de Metereologia emitiu alerta vermelho de acumulado de chuva para 114 cidades do Rio Grande do Norte, incluindo a capital potiguar. O alerta vale até 11h da segunda-feira (4) e tem o grau de severidade de 'grande perigo'. Vídeo mostra cratera em Felipe Camarão Chuva abre crateras em rua da Zona Oeste de Natal Em Felipe Camarão, na Zona Oeste de Natal, um trecho da BR-226 foi interditado por tempo indeterminado após uma cratera se abrir e a via ser tomada pela terra que deslizou de ruas do bairro. O piso de uma oficina do bairro cedeu e o imóvel esmagou um carro. O morador Francisco Marriro mora ao lado da oficina e teme que a casa dele também desabe. "A gente tá com muito medo, o risco aqui tá grande. Tô com medo de ficar sem casa", disse. Já em Cidade da Esperança várias casas foram invadidas pela água após a lagoa de captação do bairro transbordar. O pintor Robson de Freitas disse que perdeu todos os móveis e eletrodomésticos da casa. "É um descaso total da prefeitura. Os órgãos que a pessoa procura pra poder tomar providência, quando atende, não diz nada, ou diz que vai providenciar, fazer alguma coisa, mas infelizmente não faz nada. Essa é a segunda vez que nossa casa fica desse jeito aqui, a segunda vez que a gente perde tudo", lamentou. Em Felipe Camarão, rua cedeu e abriu cratera durante as chuvas Ayrton Freire/Inter TV Cabugi Vídeo mostra homem abandonando o carro pela janela após ficar preso em alagamento em Natal Reprodução

  2. Via também foi tomada por terra que deslizou de ruas de Felipe Camarão. Após cratera se abrir, trecho da BR-226 em Natal é interditado por tempo indeterminado PRF/Divulgação Um trecho da BR-226 foi interditado por tempo indeterminado após uma cratera se abrir e a via ser tomada pela terra que deslizou de ruas de Felipe Camarão após as chuvas deste domingo (3). De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, a via está totalmente interditada nos dois sentidos - na altura do KM 4 - e não há previsão de liberação. Em Felipe Camarão, rua cedeu e abriu cratera durante as chuvas Ayrton Freire/Inter TV Cabugi Em 12 horas, choveu mais da metade do previsto para todo o mês de julho na capital, segundo a Emparn. São esperadas chuvas de até 245 milímetros para o mês e somente neste domingo choveu 148 mm. LEIA MAIS Chuva alaga ruas, abre crateras e invade casas em Natal Inmet emite alerta de 'grande perigo' por causa da chuvas em 114 cidades do RN No bairro Felipe Camarão, a força das chuvas abriu várias crateras na Rua Mirassol - que termina na BR-226. O piso de uma oficina cedeu e o imóvel esmagou um carro. O morador Francisco Marriro mora ao lado da oficina e teme que a casa dele também desabe. "A gente tá com muito medo, o risco aqui tá grande. Tô com medo de ficar sem casa", disse. Pontos de alagamento As chuvas causaram pontos de alagamento em todas as regiões da cidade. Na Rua da Saudade, em Nova Descoberta, um carro ficou quase encoberto pela água após o motorista tentar passar pela área alagada. Carro fica preso em alagamento na Rua da Saudade, em Natal Em Petrópolis, carro ficou ilhado após alagamento de rua. Cedida

  3. Suspeito do crime foi preso na manhã deste domingo (3). Policial penal foi morto a tiros com a própria arma no interior do RN Câmeras de segurança registraram o momento em que o policial penal Josinaldo Santos de Queiroz foi assassinado em Nova Cruz, no Agreste potiguar. O caso ocorreu na noite deste sábado (2). De acordo com testemunhas, o policial penal estava no bar onde o crime aconteceu e ficou sozinho após um amigo, também agente de segurança, deixar o local. As imagens mostram o momento em que o assassino observa Josinaldo por alguns instantes e toma a arma dele. Rapidamente, o assassino apontou a arma e atirou contra a vítima. A imagem mostra ainda o bandido saindo do local e voltando logo em seguida com uma faca na mão. Ele esfaqueou o policial penal que já estava caído no chão. Após buscas durante toda a madrugada, o suspeito foi encontrado e preso em uma comunidade rural na manhã deste domingo (3). Ele foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil de Nova Cruz, onde foi autuado em flagrante pelo crime de homicídio. Momento em que suspeito atira contra o policial penal em Nova Cruz Reprodução Vídeos mais assistidos do g1 RN

  4. Em 12h, choveu em Natal mais da metade do volume esperado para todo o mês de julho. Lagoas de captação transbordaram e água invadiu várias casas. Água invadiu casas no bairro Cidade da Esperança, em Natal Ayrton Freire/Inter TV Cabugi A chuva que cai em Natal desde a madrugada já causou transtornos e prejuízos em várias regiões da cidade. Ruas alagadas e casas invadidas pela água fazem parte do cenário deste domingo (3) na capital potiguar. O pintor Robson de Freitas é uma das vítimas das consequências das chuvas. Ele mora no bairro Cidade da Esperança e teve a casa invadida pela água. "Perdi tudo. Geladeira, fogão, armário, cama do do meu filho, televisão, colchão boiando dentro de casa... É muito triste tudo isso", disse. Inmet emite alerta de 'grande perigo' por causa da chuvas em 114 cidades do RN Ele mora próxima à lagoa de captação de água da chuva. Com as chuvas, a lagoa transbordou e piorou a situação. "É um descaso total da prefeitura. Os órgãos que a pessoa procura pra poder tomar providência, quando atende, não diz nada, ou diz que vai providenciar, fazer alguma coisa, mas infelizmente não faz nada. Essa é a segunda vez que nossa casa fica desse jeito aqui, a segunda vez que a gente perde tudo", lamentou Robson. Em 12 horas, choveu mais da metade do previsto para todo o mês de julho na capital, segundo a Emparn. São esperadas chuvas de até 245 milímetros para o mês e somente neste domingo choveu 148 mm. A Defesa Civil de Natal informou que está atendendo ocorrências e emitiu alerta de risco de alagamentos em todas as regiões. No bairro Felipe Camarão, a força das chuvas abriu várias crateras na Rua Mirassol. O piso de uma oficina cedeu e o imóvel esmagou um carro. O morador Francisco Marriro mora ao lado da oficina e teme que a casa dele também desabe. "A gente tá com muito medo, o risco aqui tá grande. Tô com medo de ficar sem casa", disse. O piso de uma oficina cedeu e o imóvel esmagou um carro em Felipe Camarão Ayrton Freire/Inter TV Cabugi Vídeo mostra cratera em rua de Felipe Camarão Chuva abre crateras em rua da Zona Oeste de Natal Pontos de alagamento Com as chuvas, a capital potiguar registrou pontos de alagamentos intransitáveis em todas as regiões da cidade. Na Rua da Saudade, em Nova Descoberta, um carro ficou quase encoberto pela água após o motorista tentar passar pela área alagada. Rua da Saudade, em Natal Ayrton Freire/Inter TV Cabugi Em Petrópolis, carro ficou ilhado após alagamento de rua. Cedida Vídeo mostra carro preso em algamento na Rua da Saudade Carro fica preso em alagamento na Rua da Saudade, em Natal

  5. De acordo com Emparn, são esperadas chuvas de até 245 milímetros para o mês. Apenas neste domingo (3), foram registadas quase 150mm. Carro fica preso em alagamento na Rua da Saudade, em Natal Natal registrou, nas últimas 12 horas, 148 milímetros de chuvas. O volume é mais da metade de toda a precipitação esperada para o mês de julho que é de 245 milímetros, aponta a Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn). No bairro de Nova Descoberta, ruas próximas a uma lagoa de captação ficaram alagadas Ayrton Freire/Inter TV Cabugi Os 148,9 mm registrados compreenderam o período entre 1h e 13h deste domingo (3), de acordo com o monitoramento pluviométrico feito pelo Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), em estação instalada no bairro de Ponta Negra. Água invadiu casas no bairro Cidade da Esperança, em Natal Ayrton Freire/Inter TV Cabugi A chuva causou alagamentos em diversos pontos da cidade, abriu crateras e invadiu casas. Em Cidades da Esperança, o pintor Robson de Freitas conta que perdeu tudo. "Perdi tudo. Geladeira, fogão, armário, cama do do meu filho, televisão, colchão boiando dentro de casa... É muito triste tudo isso", disse. LEIA MAIS Inmet emite alerta de 'grande perigo' por causa da chuvas em 114 cidades do RN Chuva alaga ruas, abre crateras e invade casas em Natal Veja pontos de alagamentos em Natal causados pela chuva De acordo com a Defesa Civil Estadual, equipes estão em estado de alerta em decorrência das fortes chuvas. A entidade emitiu, nesta manhã, alertas de deslizamentos de terra e alagamento para todo o estado. Até a manhã deste domingo (3), a entidade não foi acionada, mas está mantendo contato com as coordenadorias municipais, sobretudo dos municípios de Natal, Ceará-Mirim, Extremoz e Nísia Floresta. Já a Defesa Civil de Natal orientou que, só se locomover em extrema necessidade e evitar áreas alagadas ou áreas próximas a árvores. Chuva abre crateras em rua da Zona Oeste de Natal Vídeos mais assistidos do g1 RN

  6. Prefeitura de Parnamirim montou estrutura em escolas para possíveis desabrigados. Após fortes chuvas, lagoa de captação transborda e água invade casas em Emaús As chuvas que caíram na madrugada deste domingo (3) também causaram transtornos em Parnamirim. O nível de água vem subindo consideravelmente nas últimas horas e moradores estão retirando objetos e veículos de áreas alagadas. Vídeos registrados por moradores mostram alagamentos em diversas ruas do bairro de Emaús. Nas imagens, é possível ver o nível de água, em algumas vias, chegar ao retrovisor de veículos. LEIA MAIS Inmet emite alerta de 'grande perigo' por causa da chuvas em 114 cidades do RN Marinha alerta para mar grosso a com ondas de até 3,5 metros no litoral do RN Além de estar recebendo um grande volume de água da chuva, que não cessa, a região foi prejudicada por problemas na drenagem, feita por uma bomba, que está submersa. Uma lagoa de captação transbordou e casas foram tomadas por água. "Nossas equipes estão fazendo todo o monitoramento da situação, nas ruas e nas lagoas de captacão, mas o volume de água é muito grande, como nunca visto há pelo menos 20 anos no município", afirmou a Secretaria de Serviços Urbanos de Parnamirim (Semsur). A orientação da Defesa Civil é que a população evite sair de casa, principalmente de carro, até que a situação seja amenizada. A orientação da prefeitura, é que instituições de ensino municipais estejam preparadas para recebimento de desabrigados. Moradores tiram carros de residências que estão sendo alagadas Cedida

  7. Alerta é válido até 11h desta segunda-feira (4) e estima chuva superior a 60 mm/h ou acima de 100 mm/dia. Rua alagada em Parnamirim neste domingo (3) Redes sociais O Instituto Nacional de Metereologia emitiu alerta vermelho de acumulado de chuva para 114 cidades do Rio Grande do Norte. O alerta vale até 11h da segunda-feira (4) e tem o grau de severidade de 'grande perigo'. Nesse tipo de alerta, as chuvas podem ser de 60 mm/h ou acima de 100 mm por dia. O alerta informa que há grande risco de alagamentos e transbordamentos de rios e deslizamentos de encostas, em cidades com tais áreas de risco. Chuva alaga ruas, abre crateras e invade casas em Natal: 'Perdi tudo, é muito descaso', diz morador Em 12h, choveu em Natal mais da metade do volume esperado para todo o mês de julho. A chuva causou alagamentos, abriu crateras e a água invadiu casas na capital potiguar. Moradores perderam tudo com as casas alagadas. Grau de Severidade de Alerta Natal registra pontos de alagamentos em ruas e avenidas neste domingo (3) Veja as cidades incluídas no alerta Acari Açu Afonso Bezerra Alto do Rodrigues Angicos Areia Branca Arês Augusto Severo Baía Formosa Barcelona Bento Fernandes Bodó Bom Jesus Brejinho Caiçara do Norte Caiçara do Rio do Vento Caicó Campo Redondo Canguaretama Carnaúba dos Dantas Carnaubais Ceará-Mirim Cerro Corá Coronel Ezequiel Cruzeta Currais Novos Espírito Santo Extremoz Fernando Pedroza Florânia Galinhos Goianinha Guamaré Ielmo Marinho Ipanguaçu Itajá Jaçanã Jandaíra Januário Cicco Japi Jardim de Angicos Jardim de Piranhas Jardim do Seridó João Câmara Jucurutu Jundiá Lagoa d'Anta Lagoa de Pedras Lagoa de Velhos Lagoa Nova Lagoa Salgada Lajes Lajes Pintadas Macaíba Macau Maxaranguape Montanhas Monte Alegre Monte das Gameleiras Mossoró Natal Nísia Floresta Nova Cruz Paraú Parazinho Parelhas Parnamirim Passa e Fica Passagem Pedra Grande Pedra Preta Pedro Avelino Pedro Velho Pendências Poço Branco Porto do Mangue Pureza Riachuelo Rio do Fogo Ruy Barbosa Santa Cruz Santa Maria Santana do Matos Santo Antônio São Bento do Norte São Bento do Trairí São Fernando São Gonçalo do Amarante São José de Mipibu São José do Campestre São José do Seridó São Miguel do Gostoso São Paulo do Potengi São Pedro São Rafael São Tomé São Vicente Senador Elói de Souza Senador Georgino Avelino Serra Caiada Serra de São Bento Serra do Mel Serrinha Sítio Novo Taipu Tangará Tenente Laurentino Cruz Tibau do Sul Touros Triunfo Potiguar Upanema Várzea Vera Cruz Vila Flor Vídeos mostra ruas alagadas em Emaús, Parnamirim Após fortes chuvas, lagoa de captação transborda e água invade casas em Emaús

  8. Fundação José Augusto comunicou que estruturas estarão fechadas neste domingo (3) e segunda-feira (4) Forte dos Reis Magos reabre para público apenas na terça-feira (5) Sandro Menezes Devido as fortes chuvas que caem em Natal desde o início da madrugada deste domingo (3), a Fundação José Augusto (FJA) anunciou que o Forte dos Reis Magos e a Cidade da Criança reabrirão suas atividades para o público apenas na terça-feira (5). LEIA MAIS Marinha alerta para mar grosso a com ondas de até 3,5 metros no litoral do RN Inmet emite alerta de acumulado de chuvas para Natal e mais 113 cidades no RN Com a decisão, as estruturas estarão fechadas no domingo (3) e segunda-feira (4). Ainda segundo a FJA, a medida visa preservar a segurança dos usuários e dos próprios equipamentos Os arredores das duas estruturas foram áreas que sofreram com alagamentos após as precipitações. Segundo monitoramento do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), foram registradas chuvas de 128 milímetros nas últimas 12h na capital potiguar. Vídeos mais assistidos do g1 RN
  9. Casos foram registrados em seis estados e no Distrito Federal. Ministério informou que se articula com as secretarias de saúde para monitorar surgimento de novos doentes e rastrear com quem tiveram contato próximo. O Ministério da Saúde confirmou neste domingo (3) 76 casos de varíola dos macacos no país. Os casos foram registrados em seis estados e no Distrito Federal. Veja os casos confirmados por unidade da federação: DF: 1 RN: 1 MG: 2 RS: 2 CE: 2 RJ: 16 SP: 52 O ministério afirmou ainda que está em articulação com as secretarias estaduais de saúde para continuar monitorando o surgimento de novos casos e rastrear as pessoas que tiveram contato próximo com os infectados. Nos últimos meses houve um surto da doença na Europa e nos Estados Unidos. O primeiro caso no Brasil foi registrado no dia 8 de junho. Varíola dos macacos: por que surto na Europa e nos EUA não preocupa tanto até agora Varíola dos macacos no Brasil; ENTENDA No fim de junho, a Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou que, no momento, a situação não se configura como uma emergência de saúde de importância internacional. Isso significa que a OMS, apesar de admitir preocupação com a doença, entende que o surto não é tão grave, por exemplo, como a pandemia de Covid. Autoridades sanitárias tem dito que o poder de contágio da varíola dos macacos é menor que o da Covid, assim como a ocorrência de casos graves da doença. Veja lista de sintomas e como se proteger O que é a varíola dos macacos? A varíola dos macacos é uma doença viral rara transmitida pelo contato próximo com uma pessoa infectada. Os sintomas geralmente são: febre dor de cabeça dores musculares dor nas costas gânglios (linfonodos) inchados calafrios exaustão A transmissão pode ocorrer pelas seguintes formas: Por contato com o vírus – com um animal, pessoa ou materiais infectados, incluindo através de mordidas e arranhões de animais, manuseio de caça selvagem ou pelo uso de produtos feitos de animais infectados. Ainda não se sabe qual animal mantém o vírus na natureza, embora os roedores africanos sejam suspeitos de desempenhar um papel na transmissão da varíola às pessoas. De pessoa para pessoa: pelo contato direto com fluidos corporais como sangue e pus, secreções respiratórias ou feridas de uma pessoa infectada, durante o contato íntimo – inclusive durante o sexo – e ao beijar, abraçar ou tocar partes do corpo com feridas causadas pela doença. Ainda não se sabe se a varíola do macaco pode se espalhar através do sêmen ou fluidos vaginais. Por materiais contaminados que tocaram fluidos corporais ou feridas, como roupas ou lençóis; Da mãe para o feto através da placenta; Da mãe para o bebê durante ou após o parto, pelo contato pele a pele; Úlceras, lesões ou feridas na boca também podem ser infecciosas, o que significa que o vírus pode se espalhar pela saliva.

  10. Crime ocorreu na noite do sábado (2), em um bar no município do Agreste potiguar. Vídeo registrou o crime. Suspeito foi identificado e preso neste domingo (3). Policial penal foi morto a tiros com a própria arma no interior do RN Um policial penal foi assassinado com a própria arma na noite deste sábado (2) em Nova Cruz, no Agreste potiguar. De acordo com a Polícia Militar, o suspeito, que fugiu com a motocicleta da vítima, já foi encontrado e preso. O crime foi registrado por câmeras de segurança. Momento em que suspeito atira contra o policial penal em Nova Cruz Reprodução A vítima foi identificada como Josinaldo Santos de Queiroz, policial penal com 12 anos de atuação. Ele morava e trabalhava em Nova Cruz. O assassino foi identificado pelas imagens de câmeras de segurança que registraram o crime e localizado neste domingo (3), na comunidade de Barro Preto, na zona rural do município. Alberto Arnold dos Santos foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil, onde foi autuado em flagrante. Policial foi esfaqueado após tiros Vítima e suspeito estavam em um mesmo bar do município, local onde o crime ocorreu. Imagens de uma câmera de segurança mostram o momento em que o assassino se aproxima do policial, toma sua arma e efetua os disparos. Após atingir o policial, o bandido sai da cena do crime e volta, atingindo a vítima com golpes de faca. Identificado como Josinaldo Santos de Queiroz, o policial morreu no local. O assassino fugiu em seguida, com a arma e a motocicleta da vítima. Em nota, a Secretaria da Administração Penitenciária (Seap), prestou solidariedade aos familiares do policial penal do Rio Grande do Norte. "A perda do policial não atinge apenas a instituição, mas toda sociedade", destacou a secretaria. Seap divulgou imagens do suspeito que, segundo a pasta, já foi identificado. Cedida